Política

Executivo saúda Siza Vieira pelo Prémio Nacional de Arquitetura de Espanha

Miguel Nogueira

O Executivo Municipal aprovou na manhã desta segunda-feira, por unanimidade, um voto de saudação ao arquiteto Álvaro Siza Vieira, por ter sido recentemente galardoado com o Prémio Nacional de Arquitetura de Espanha 2019. Foi a primeira personalidade de nacionalidade estrangeira a receber a distinção.

Siza Vieira foi o primeiro arquiteto não espanhol a ser laureado com este relevante prémio na área da arquitetura, instituído pelo governo espanhol em 1932. "Um arquiteto português reconhecido mundialmente, que tanto tem contribuído para a arquitetura e as cidades espanholas", assim justificou a atribuição do galardão o ministro do Fomento de Espanha, José Luís Ábalos, aquando o anúncio da decisão, durante o II Congresso Internacional "Arte, Cidade e Paisagem", que decorreu em novembro de 2019, na cidade de Cuenca e que teve Portugal como país convidado.

O voto de saudação, proposto pela vereadora da CDU, Ilda Figueiredo, mereceu a concordância da maioria municipal independente e das demais forças políticas representadas no Executivo Municipal, PS e PSD, e sucedeu à cerimónia de entrega do prémio, que decorreu no final do mês de outubro por videoconferência, conforme noticiado pelo "Porto.".

O presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, recordou a propósito que Siza Vieira "já foi distinguido pelo Município com a entrega da Medalha de Mérito da Cidade" (grau Ouro), há vários anos, considerando que esta distinção é igualmente digna de louvor.

Também o PS, pela voz de Manuel Pizarro, associou-se à cortesia. Álvaro Siza Vieira "é uma das principais personalidades da arquitetura mundial e temos a honra que seja nosso conterrâneo", disse o vereador. Pelo mesmo tom, o vereador do PSD, Álvaro Almeida, assinalou que Siza Vieira "merece todas as honras, pela pessoa, pelo arquiteto e pela sua obra". 

A proponente do voto de saudação, a vereadora Ilda Figueiredo, salientou ainda que o Prémio Nacional de Arquitetura de Espanha 2019, atribuído ao primeiro Pritkzer nacional, distinção equiparada a um Nobel da Arquitetura, "honra a cidade, como todo o trabalho ímpar e personalidade ímpar de Siza Vieira", que sempre se pautou pela defesa dos interesses da cidade e do país, acrescentou.

Com obras espalhadas por todo o mundo, Álvaro Siza Vieira, um dos expoentes da chamada "Escola de Arquitetura do Porto", está indelevelmente ligado à cidade do Porto, onde tem o seu ateliê. Projetou alguns dos seus mais emblemáticos edifícios, como o Museu de Arte Contemporânea de Serralves e a Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto, ou bairros de habitação desenvolvidos no âmbito do Serviço de Apoio Ambulatório Local (SAAL), como são os casos dos bairros da Bouça e de S. Vítor.