Educação

Estudantes de Medicina trazem ao Porto a Nobel da Química Ada Yonath

Mais de 500 estudantes de 25
países estão a participar na 12.ª edição do YES Meeting, promovido por alunos
da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP). Iniciado ontem e a
decorrer até domingo, o encontro conta com intervenções de nomes destacados da
área das biomédicas, nacionais e internacionais. Entre eles encontra-se a israelita
Ada Yonath, Nobel da Química em 2009.


Conferências, workshops,
apresentações/competições científicas e clínicas, "speed meetings" com oradores
convidados e um programa paralelo de convívio e descoberta da cidade preenchem a
agenda do YES (Young European Scientist), encontro que confere o poder de
iniciativa dos estudantes da FMUP.


Além de Ada Yonath (que intervém
no domingo), destacam-se como convidados estrangeiros Nicholas Lyndon, prémio
Lasker também em 2009; Grégoire Courtine, professor em Lausanne, Suíça; Tomoaki
Kato, com trabalho pioneiro no transplante de múltiplos órgãos; ou o
neurocientista norte-americano James Fallon. Entre os portugueses, também com reputação
internacional, pode destacar-se Manuel Sobrinho Simões, orador na abertura do
encontro.


Realizado desde 2006, o YES
Meeting tem crescido em número de participantes, assumindo-se hoje como um
evento com expressão no calendário internacional das áreas das biomédicas. Fomentar
o encontro entre estudantes e cientistas de reputação mundial, criar uma rede
global de estudantes da área e dar exposição aos trabalhos dos mais novos
investigadores são objetivos que alimentam o encontro.