Cultura

Encontro Internacional de Arte e Comunidade MEXE com a cidade até ao dia 24

O MEXE -Encontro Internacional de Arte e Comunidade realiza-se entre os dias 18 e 24, mas começou já o seu aquecimento com atividades em vários locais.

A apresentação de espetáculos, instalações e performances, a organização do EIRPAC - Encontro Internacional de Reflexão sobre Práticas Artísticas Comunitárias, a realização de oficinas de formação e uma mostra de documentários constituem os quatro pilares do MEXE, que tem direção artística de Hugo Cruz e cujo warm up está já a anunciar pela cidade os dias que se avizinham.

Organizado pelo PELE- Espaço de Contacto Social e Cultural, o MEXE tem como grande tema "Cidade - Corpo Coletivo" e pretende levantar questões como: Que cidade nos inspirou no passado? Que cidade se "esgotou"? Que formas toma a cidade? Que cidade procuramos? Como construímos cidade? Como se organiza e funciona esta cidade? A cidade como plataforma de exercício da cidadania, como arena central da existência humana. A cidade nos seus múltiplos sentidos, numa visão larga, contemplando as dimensões humana e física.

Entretanto, o pré-MEXE apresenta hoje uma exposição na Casa dos Açores ("O que dizem as pedras") e exibe os documentários "SAL" do projeto AMAReMAR (Cinema Trindade, 19 horas), "Cercados" do Estúdio Comunitário/Oupa Cerco, Vasco Neves e André Tentúgal e "Rompendo os Muros da Prisão" da NarrativaEnsaio, Luísa Pinto e Carolina Maia (ambos no CCOP, a partir das 21 horas).

Apresentação de performances e exibição de outros documentários preenchem a agenda de sábado e domingo, em diversos locais da cidade, tendo o IV MEXE início oficial na próxima segunda-feira e terminando no dia 24 com o Baile Comunitário, com o apoio da Câmara do Porto. 

A programação (incluindo destes sábado e domingo) está toda aqui.