Sociedade

Emissão de plantas topográficas pode ser feita online e gratuitamente

O Município do Porto disponibiliza gratuitamente a consulta e emissão de plantas topográficas de localização. A obtenção destas peças urbanísticas pode ser feita na hora através do novo Portal de Informação Geográfica do Porto.

É uma ferramenta geográfica útil para arquitetos, projetistas, engenheiros civis e até para estudantes ligados a estes setores de atividade. As plantas topográficas de localização conferem informação relevante e indispensável para a instrução de processos de urbanização e de edificação.

Ao entrar no Portal de Emissão de Plantas Topográficas pela primeira vez, será iniciado um guia de apoio, que ajuda o utilizador a explorar e navegar na plataforma, para que possa dela tirar melhor partido. O detalhe da cartografia aqui disponibilizada, que abre a possibilidade de pesquisas por topónimo e número de polícia, é revelador de um afincado e exaustivo trabalho dos serviços municipais do Urbanismo.

A emissão destas plantas já estava anteriormente disponível no Balcão de Atendimento Virtual, mas agora fica também acessível através do novo Portal de Informação Geográfica do Porto, que agrega todos os mapas interativos da cidade, dividindo-os por temáticas. O acesso foi simplificado, tornando também a experiência de navegação mais intuitiva para o utilizador.

Entre as novidades do portal, destaque para o inventário arbóreo da cidade, projeto que contém a georreferenciação da maioria das árvores municipais. No Porto, estão referenciadas cerca de 65 mil árvores públicas e até ao final de outubro estima-se que estejam  todas incluídas neste mapa interativo, que já soma cerca de 50 mil exemplares arbóreos.

+ info: Consulte o Portal de Informação Geográfica do Porto