Sociedade

Condições meteorológicas adversas põem o Porto sob avisos amarelos para vento, agitação marítima e chuva

A Proteção Civil Municipal avisou para a existência de previsões que apontam para um agravamento das condições meteorológicas durante o dia desta quinta-feira, 16 de janeiro, nomeadamente vento forte, agitação marítima e precipitação.

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), está prevista a ocorrência de vento forte com rajadas que podem atingir os 80 km/h entre as 9 e as 18 horas.

Relativamente à precipitação, as previsões apontam para acumulados da ordem dos 80 mm/24h, durante a tarde. O período mais critico será entre as 12 e as 18 horas, em que poderão ser registados acumulados na ordem dos 30/40mm.

Por prevenção, e no seguimento do arrastamento de lamas e inertes ocorrido hoje na Avenida Gustavo Eiffel, a circulação na via marginal entre a Ponte Luís I e a Ponte do Freixo vai ser cortada nos dois sentidos a partir das 14 horas. O trânsito será restabelecido logo que se entenda estarem reunidas condições de segurança. 

Assim, a Proteção Civil Municipal recomenda à população que tome as devidas precauções, solicitando especial atenção na circulação, permanência e estacionamento junto a áreas arborizadas, devido à possibilidade de queda de ramos ou árvores em virtude dos ventos fortes. Aconselha também uma atitude preventiva e de precaução relativamente a equipamentos móveis ou amovíveis - equipamentos de esplanadas, estruturas de apoio a festividades, andaimes, lonas publicitárias, placards e outras estruturas suspensas - que necessitem de reforçar a sua fixação ou ser retirados.

Este serviço municipal recomenda ainda a desobstrução dos escoamentos, a redução da velocidade dos veículos e o acréscimo de prudência devido ao piso escorregadio e à possibilidade de formação de lençóis de água e de cheias rápidas. O estacionamento de viaturas junto da zona afetada na Avenida de Gustavo Eiffel é desaconselhado.

Quanto à agitação marítima, a Proteção Civil Municipal apela ao respeito pelos perímetros de segurança estabelecidos para peões junto da orla costeira e acessos aos molhes.

A Câmara do Porto, através do departamento de Proteção Civil, continuará a acompanhar permanentemente a atualização destas previsões, implementando todas as medidas preventivas e de segurança adequadas e difundirá os avisos que julgue necessários.

Veja ao pormenor os efeitos prováveis deste agravamento meteorológico e as medidas de prevenção que deve tomar, consultando o AVISO 02/2020.

Em caso de emergência, contacte o 112 ou o Batalhão de Sapadores Bombeiros do Porto através do n.º 225 073 700.