Cultura

Criação de Akram Khan e Companhia Nacional de Bailado a partir de hoje no Teatro Municipal do Porto

A criatividade de um dos mais conhecidos e respeitados artistas da dança da atualidade, Akram Kahn, a música dos compositores Nitin Sawhney, Jocelyn Pook e Ben Frost, inspirada em Stravinsky, e a expressividade corporal da Companhia Nacional de Bailado entrelaçam-se na noite desta quinta-feira para proporcionar momentos de forte emoção à plateia do Teatro Municipal Rivoli.

A produção "iTMOi", um dos marcos na carreira de Akmar Kahn, sobe ao palco pelas 21,30 horas e dá início a uma viagem pela condição humana a partir do conceito de uma mulher que dança até à morte.

Tendo Stravinsky como "guia", o criador britânico faz em "iTMOi" uma abordagem "de uma enorme inspiração", a que quer regressar e aprofundar, "não apenas através de padrões, como Stravinsky o fez, mas também através da exploração da condição humana. Uma ruptura na mente, uma morte no corpo e um nascimento na alma, tudo lembrando-nos que a mente e a imaginação são selvagens e auto-criativas".

Akmar Kahn tornou-se numa referência da dança na atualidade em apenas 16 anos, nomeadamente através de produções imaginativas, mas ao mesmo tempo acessíveis. Entre elas, e a par da que a CNB apresenta hoje no Rivoli, estão "Until the Lions", "DESH", "Vertical Road", "Gnosis" e "zero degrees".

Criador natural e instintivo, Khan tem sido um polo de atração para artistas oriundos de outras culturas e disciplinas, tendo trabalhado já com o Ballet Nacional da China, a atriz Juliette Binoche, a bailarina Sylvie Guillem, os coreógrafos/bailarinos Sidi Larbi Cherkaoui e Israel Galván, a cantora Kylie Minogue, os artistas visuais Anish Kapoor, Antony Gormley e Tim Yip, o escritor Hanif Kureishi e os compositores Steve Reich, Nitin Sawhney, Jocelyn Pook e Ben Frost.

Com a duração aproximada de uma hora e entradas a 10,00 euros, a apresentação desta noite será seguida de uma conversa pós-espetáculo com o compositor Nuno Pinho.

"iTMOi" volta a subir ao palco do Rivoli amanhã, também às 21,30 horas, e no sábado às 19 horas.

Bilhetes e mais informações aqui