Sociedade

Companhia aérea Joon começa a ligar Porto e Paris a partir de 1 de dezembro

Anunciada como a "companhia dos millenials" ou "a irmã mais
nova da Air France", a Joon tem já voos marcados: a partir de 1 de dezembro, a mais
recente empresa aérea low-cost começa a estabelecer ligações entre Porto e Paris.


Portugal, aliás, é privilegiado pela nova companhia
do grupo Air France-KLM, sendo o único país com duas rotas, Lisboa e Porto. Barcelona,
Berlim, Fortaleza (Brasil) e Mahé (nas Seychelles) são os outros destinos. Se na Europa a Joon começa a
operar este ano, só na primavera de 2018 se iniciam os voos intercontinentais.


Apresentada ontem em Paris, a nova low-cost colocou já os
bilhetes à venda. As ligações europeias são vendidas a partir de 39 euros (valor
para um dos sentidos da viagem).


Tornar a Joon "acessível a todos" é o grande propósito dos
responsáveis do grupo Air France. A nova companhia comunica uma imagem de
juventude, procurando captar pelo conceito e pela política de preços baixos o
cliente "descontraído e ligado às novas tecnologias", de acordo com os líderes
do grupo. Os "millenials" (pessoas entre os 18 e 35 anos) tornam-se o
público-alvo.


 


Aeroporto bate recorde em agosto com voos
internacionais


A Joon será mais uma companhia a eleger o Aeroporto
do Porto, que continua a bater recordes de passageiros: em agosto, e pela
primeira vez, foi ultrapassada a marca de um milhão de passageiros, em voos
comerciais, no espaço de um mês.


Segundo notícia da PressTUR, em agosto houve uma quebra em 2,6% em voos
domésticos, compensada com o crescimento dos voos internacionais, "cujo
movimento de passageiros subiu 15,2%, significando um aumento de 122,3 mil para
926,6 mil".