Cultura

Ciclos temáticos de cinema exibem filmes icónicos e outras propostas em janeiro

Filipa Brito

Uma variada oferta cinematográfica multiplica-se pela cidade do Porto ao longo deste mês, com ciclos temáticos que permitirão assistir a clássicos da Sétima Arte, mas também a novidades do grande ecrã e a propostas para diferentes idades. Entretanto, foi cancelada a conferência que Mathias Lavin daria amanhã na Casa do Cinema Manoel de Oliveira.

A conferência, cancelada por impedimento pessoal do professor de estudos cinematográficos da Universidade de Poitiers e autor de renome, fazia parte do ciclo "Carta Branca a Eugène Green", que está a decorrer até ao próximo domingo. E que prossegue com a restante programação selecionada por Eugène Green, cuja obra é atualmente objeto da exposição "Eugène Green: A Imagem da Palavra" na Casa do Cinema Manoel de Oliveira.

Eugène Green escolheu cinco filmes que, de diferentes maneiras, dialogam com o seu próprio cinema, tendo sido já exibido "Blow-up", de Michelangelo Antonioni. Seguem-se "Conte d'hiver", de Éric Rohmer (sexta-feira dia 10, 21h30, legendado em português), "Braguino", de Clément Cogitor, + "Le Parc", de Damien Manivel (sábado dia 11, 17 horas, legendado em português), e "Mimosas", de Oliver Laxe (domingo dia 12, 17 horas, legendado em português).

"Wim Wenders ao correr do tempo"

Entretanto, termina nesta quarta-feira o ciclo "Wim Wenders ao correr do tempo", uma retrospetiva que tem vindo a apresentar desde dezembro, no Teatro Campo Alegre, 15 cópias digitais restauradas de outras tantas obras do cineasta alemão.

Hoje mesmo, pode ainda assistir a "Tão longe, tão perto" (21h30), enquanto amanhã são exibidos "Os belos dias de Aranjuez" (18h30) e "Nick'smovie - Um acto de amor" (22 horas).

 

Passos no Escuro traz mais terror

Também nesta quarta-feira, dia 8, está de volta ao Passos Manuel o ciclo de cinema de terror e de culto "Passos no Escuro", que apresenta ao longo do mês a trilogia "Evil Dead" (1981-1992), de Sam Raimi, e "Mutant Blast", de Fernando Alle, além de ser apresentado o livro "Videoclube do Sr. Joaquim: Anuário 2019".

As exibições acontecem às 22 horas e as datas são as seguintes: dia 8 - "The Evil Dead"; dia 15 - "Evil Dead 2 - Dead by Dawn"; dia 22 - "Army of Darkness" + lançamento do livro "Videoclube do Sr. Joaquim"; dia 29 - "Mutant Blast", com a presença do realizador.

"Morangos silvestres" abrem memórias na Casa das Artes

Por sua vez, a Casa das Artes dedica o primeiro mês de 2020 a filmes sobre a memória e a reflexão das várias personagens sobre recordações e as consequências dessas lembranças nas suas vidas.

Na quinta-feira, dia 9 (21h30), é exibida a obra-prima "Morangos silvestres" do sueco Ingmar Bergman, em que a meditação sobre a vida é orientada pelas recordações de Isak Borg, e no sábado, dia 11 (18 horas), o icónico "Citizen Kane" de Orson Welles sobre a vida de Charles Foster Kane e que revolucionou a linguagem do cinema.

O ciclo prossegue até 25 de janeiro e contempla "Dor e glória", de Pedro Almodóvar, "Se esta rua falasse" de Barry Jenkins, e uma semana dedicada ao cinema japonês com "O Intendente Sansho", de Kenji Mizoguchi, e um filme de animação dos estúdios Ghibli, "Memórias de ontem", de Isao Takahata.

Consulte horários e preços dos bilhetes na Casa das Artes.