Sociedade

Casa Guedes e mais cinco estabelecimentos históricos vão ser protegidos pelo programa Porto de Tradição

Casa da Mariquinhas, Casa Guedes, Gazela Cachorrinhos da Batalha, Restaurante Chinês, Restaurante Ginjal e Restaurante King-Long irão integrar a lista dos 63 estabelecimentos já protegidos pelo programa Porto de Tradição, decidiu esta manhã por unanimidade o Executivo municipal. Para se concluir este processo, será necessário que atravessem o período de consulta pública pelo prazo de 20 dias úteis. 

Na proposta, assinada pelo vereador da Economia, Turismo e Comércio, Ricardo Valente, refere-se que, para cada um os seis estabelecimentos, verificaram-se cumpridos "os requisitos necessários para ser reconhecido como estabelecimento de interesse histórico e cultural ou social local", após análise e avaliação do Grupo de Trabalho, à luz do disposto na lei n.º42/2017.

Há cerca de um mês, foi igualmente aprovado pelos 13 vereadores da Câmara do Porto submeter a consulta pública, pelo prazo de 20 dias úteis, a proteção do histórico Hotel Aliados.

Recorde-se que os últimos estabelecimentos que entraram na listagem do Porto de Tradição foram: Barbearia Tinoco, Benedito Barros, Lda.., Carvalho, Batista & Cª, SA, Confeitaria do Bolhão, Pinguim Café, Queijaria Amaral, Restaurante Escondidinho e Santos & Irmão, Lda.

Em curso está ainda a apreciação do Regulamento Porto de Tradição, já aprovado em reunião de Câmara no início do mês de setembro.