Sociedade

Câmara apela a regresso a comportamentos cívicos no estacionamento, trânsito e deposição de resíduos que foram sendo relaxados

Miguel Nogueira

O regresso progressivo à normalidade exige de todos os cidadãos cuidados especiais e sobretudo o regresso ao cumprimento de regras de cidadania que, para alguns, foram relaxadas. O estacionamento é uma delas, verificando-se que a diminuição de trânsito na cidade levou muitos cidadãos a entenderem que podiam deixar o seu carro em qualquer lugar.

A Câmara do Porto apela a todos ao cumprimento de todas as regras de cidadania, também na deposição correta dos resíduos nos contentores, estacionamento, circulação automóvel, e agora também de restrições quanto ao convívio social e circulação. O fim do Estado de Emergência, que cessa no final do dia 2 de maio, não representa a partir de domingo, dia 3, o fim dos cuidados a ter com a pandemia, devendo ser usadas máscaras de proteção, continuarem a ser evitadas deslocações desnecessárias e respeitada a etiqueta respiratória.

Quanto ao trânsito e estacionamento, a Polícia Municipal está a desencadear uma série de ações na via pública, multando os condutores que desrespeitem as regras de trânsito, nomeadamente quanto ao estacionamento abusivo que, durante o confinamento, se acentuou em algumas zonas da cidade, pondo mesmo em causa a segurança rodoviária e potenciando atropelamentos. Também as forças de segurança, quase integralmente ocupadas, nas últimas semanas, em tarefas dedicadas à luta contra a COVID-19, estão a regressar agora a uma atuação de normalidade e de retoma de ações de fiscalização, nomeadamente quanto à deposição abusiva de resíduos e às infrações ao código da estrada, nomeadamente no capítulo do estacionamento.