Desporto

Atletas subiram escadas dos Guindais e Codeçal

Realizou-se
no último sábado a 13. ª edição do Porto a Subir, novamente com dois percursos
desde a Ribeira até à Sé, onde os atletas subiram as escadarias dos Guindais e do
Codeçal.


Assinalado o
início das provas com o habitual tiro de partida, junto à ponte Luís I,
foram-se alinhando os atletas que partiram à vez separados por 5 segundos entre
si.


Todos os
participantes utilizaram, no seu dorsal, um chip que permitiu a exata contagem
do tempo gasto em cada uma das subidas. Apurados como os vencedores na subida
do Codeçal, subiram ao pódio masculino os atletas: Adrião Rodrigues, em 1º
lugar (02m03,23s), Tony Calvo, em 2º lugar (02m08,01s), e Paulo Pereira, em 3º
lugar (02m10,97s). No feminino, Vanda Ribeiro, em 1º lugar (02m44,33s), Silvana
Dias, em 2º lugar (02m48,36s), e Rosa Soares, em 3º lugar (02m48,52s).


Na escadaria
dos Guindais venceram, no masculino, Tomás Baptista, em 1º lugar (01m17,71s),
Tony Calvo, em 2º lugar (01m24,18s), e Paulo Pereira, em 3º lugar (01m26,10s).
No feminino, Ana Lopes, em 1º lugar (01m56,70s), Rosa Soares, em 2º lugar
(01m58,19s), e Silvana Dias, em 3º lugar (02m02,52s), segundo dados avançados
pela organização da prova, Runporto.


Além dos
corredores, o Porto a Subir teve este ano uma novidade. Também os ciclistas subiram
as centenas de degraus dos percursos, numa demonstração de puro talento
e também de grande capacidade física, através da modalidade de ciclismo trial
bike, divulgada pela trialportugal.net, uma equipa jovem e dinâmica, que tem
como principal objetivo divulgar a modalidade em Portugal.