Cultura

"Anuário" junta curadores para exposição dedicada à prática artística do Porto

O "Anuário" é uma exposição que tem como ponto de partida uma ideia de documentação e de indagação em torno da prática artística desenvolvida no Porto durante um ano.

Constituindo um dos pilares da plataforma municipal PLÁKA, centrada na ativação da prática e da apresentação de arte contemporânea no Porto, o "Anuário" é orientado por João Ribas, recentemente nomeado diretor do Museu de Serralves, e Guilherme Blanc, adjunto do presidente da Câmara do Porto para a Cultura. Para esta primeira edição, convidaram um corpo multidisciplinar de curadores - formado por Joana Machado, Joaquim Durães, José Maia, Miguel Flor e Rita Castro Neves - que desenvolverá um trabalho de investigação de projetos apresentados em galerias e espaços de arte da cidade ao longo de 2018.

A partir desse processo, o mesmo grupo conceberá um projeto expositivo para a Galeria Municipal do Porto. Proposto por João Ribas, o primeiro Anuário inaugura a 16 de março de 2019 com os objetivos de potenciar a visibilidade de diferentes projetos artísticos, desenvolver o registo dessa memória e promover uma reflexão em torno da produção artística e curatorial da cidade do Porto.
Além do Anuário, também o programa Criatório, o Prémio de Arte Paulo Cunha e Silva, o coletivo de reflexão e a reativação da Coleção de Arte Municipal fazem parte da plataforma PLÁKA, apresentada em maio do ano passado com o objetivo de dinamizar a prática e a apresentação de arte contemporânea no Porto.