Sociedade

Alunos da EB das Campinas foram convidados a beber água da rede pública

Esta foi uma manhã diferente para mais de três dezenas de alunos do primeiro ano da Escola Básica das Campinas. O projeto Bebe Água do Porto foi à escola e alertou as crianças para a importância do consumo de água integrado numa alimentação saudável e, em particular, o consumo de água da rede pública.

Os alunos tiveram a possibilidade de partilhar as suas experiências e experimentar diferentes formas de consumir água sem adição de açúcar, nomeadamente água com sumo de limão e infusões. A cada um foi entregue uma garrafa reutilizável, de modo a que possa ser usada diariamente em contexto escolar, recorrendo à água da torneira, e um folheto informativo, para que a mensagem também possa chegar aos encarregados de educação.

O projeto Bebe Água do Porto - BAP visa transmitir a importância vital do consumo de água ao longo do dia, essencial para a manutenção de um estilo de vida saudável, através do incentivo ao consumo da água de abastecimento da rede pública. Integrado no Programa Municipal de Educação para o Risco, pretende consciencializar as crianças em idade escolar para a gestão eficiente da água, através da adoção de comportamentos sustentáveis na utilização do recurso hídrico. 

Iniciado no ano letivo 2012/2013, envolveu até agora quase 9000 alunos do primeiro ano de escolaridade. No ano letivo transato, a iniciativa foi alargada também ao segundo ciclo CEB das escolas públicas do Município do Porto, abrangendo um total de 700 alunos.

Na sessão estiveram presentes os vereadores Catarina Araújo, com o pelouro da Juventude e Desporto e administradora não executiva da Águas do Porto EM, e Fernando Paulo, com o pelouro da Educação, bem como o diretor do Agrupamento de Escolas do Viso, Albano Maia.