Sociedade

Aeroporto do Porto bate recorde com mais de cinco milhões de passageiros no primeiro semestre do ano

Miguel Nogueira

É um
número recorde: no primeiro semestre de 2017, o Aeroporto do Porto teve mais de
cinco milhões de passageiros em voos comerciais, o que representa um aumento de
18,5% face a período homólogo de 2016. Perspetiva-se, assim, que até ao final
do ano seja quebrada a marca de 10 milhões.


O
aeroporto registou, de janeiro a junho, 40.412 voos comerciais. Neste
crescimento, a Ryanair é a companhia aérea que assume maior protagonismo (1,937
milhões de passageiros, ou seja, mais 17,4%), seguida da TAP (900 mil). Surgem
depois a Transavia France e a easyJet.



Os
números refletem a procura do Porto, um destino com crescente visibilidade ao
nível global. Para se ter uma ideia da dinâmica da cidade - enquanto polo de turismo
mas também, e cada vez mais, de negócios -, 2014 fechou com 6.900.000
passageiros. Nos anos seguintes passou-se para os oito milhões, em 2015, e os
9,300 milhões, em 2016.



Este
ano, o Aeroporto Francisco Sá Carneiro captou a atenção de mais companhias.
KLM e Air France, mas também a britânica Monarch ou, mais recentemente, a Royal Air Maroc estrearam ou retomaram rotas.



Recorde-se
que em março a ANA anunciou a expansão do Aeroporto. Dias antes, a necessidade
desse investimento fora reclamada pelo presidente da Câmara do Porto. A estrutura
foi considerada, nesse mesmo mês, a Melhor da Europa pelo Airports Council
International. Já em abril, um estudo internacional da DECO colocava o Aeroporto
do Porto não só como o melhor da Europa, mas também como o
terceiro melhor do mundo.