Cultura

Abrigo dos Pequeninos vai ser requalificado para acolher reservas dos museus municipais

A Câmara do Porto vai realizar obras de requalificação no Abrigo dos Pequeninos, localizado nas Fontainhas, para torná-lo reserva museológica do acervo municipal. O concurso público foi hoje lançado em Diário da República, com um preço base de 1,35 milhões de euros.

Fechado há sete anos, desde julho de 2013, o edifício do Abrigo dos Pequeninos, no Bonfim, tem nova vida prometida. Depois de uma hasta pública que acabaria por ficar deserta em 2017, o Município do Porto decidiu manter o imóvel no seu património, dando-lhe uma missão renovada: a de ser fiel depositário das reservas dos museus municipais.

A carência estava há muito tempo identificada pela autarquia, que não dispõe de um equipamento para acomodar peças, coleções e restante acervo que não se encontrem em exposição permanente nos diferentes espaços museológicos que compõem o Museu da Cidade, além de um local próprio para guardar as doações que, amiúde, o Município do Porto vai recebendo.

O valor do preço base do procedimento é de 1,35 milhões de euros, pode ler-se no anúncio do Diário da República. A formalização de candidaturas decorre nos próximos 30 dias e, uma vez apurado o vencedor do concurso público, o prazo para a execução do contrato é de 360 dias, aproximadamente um ano.

A gestão da empreitada fica a cargo da empresa municipal Domus Social.