Fotogalerias Porto.

As ruas encheram-se de emoção para o reencontro com o cortejo da Queima das Fitas

As saudades já apertavam, após dois anos de interrupção devido à pandemia, e o regresso do cortejo da Queima das Fitas às ruas do Porto foi recebido com muita emoção. Entre lágrimas e abraços, um mar de cartolas e bengalas coloridas voltou a desfilar para marcar o ano que termina. Cumpriu-se a tradição, repetiram-se os cumprimentos dos estudantes diante da tribuna de honra, e a festa prosseguiu, noite dentro, no Queimódromo.

Centro Histórico do Porto celebrado em festa pelas ruas e memória da cidade

O Dia Nacional dos Centros Históricos foi celebrado no Porto com 10 horas de atividades, para celebrar um Centro Histórico classificado como Património Mundial pela UNESCO, desde 1996. O programa incluiu visitas guiadas, exposições, oficinas e espetáculos de música e dança. Museus, monumentos, igrejas e outras instituições estiveram de portas abertas ao público, em iniciativas promovidas por mais de 20 entidades.

Residência universitária no Centro Histórico

A futura residência universitária da Rua da Bainharia terá capacidade para cerca de 20 camas e deverá abrir à comunidade estudantil já no próximo ano letivo. Vai surgir num edifício recuperado pela empresa municipal Porto Vivo, SRU, que será cedido à FAP por um prazo de 30 anos, a troco de uma renda mensal simbólica de 50 euros. A gestão desta residência universitária será partilhada entre a autarquia, a FAP e a Universidade do Porto.

Parque Central da Asprela abre-se à cidade

São seis hectares de paisagem cuidadosamente arquitetada, com espelhos de água, 900 elementos arbóreos plantados, mais de 700 elementos arbóreos preservados, ribeiras e mais de dois quilómetros de percursos pedonais e cicláveis acessíveis a pessoas com mobilidade reduzida.

Grande afluência de público para apreciar camélias na Alfândega

Nos dias 5 e 6 de março, a Alfândega do Porto transformou-se num autêntico jardim para voltar a receber a sempre acarinhada Exposição de Camélias da cidade. Presente um pouco por todos os jardins – públicos e privados – aquela que muitos apelidam de “a mais perfeita das flores” celebrou-se com um mercado, mas também com dança, teatro e prémios.

Milhares de tulipas cobrem a cidade com um manto de cor

Este ano, foram plantadas cerca de 92 mil tulipas nos jardins e parques públicos da cidade. Originária da Turquia, e produzida no Viveiro Municipal, a flor é já uma convidada habitual da cidade por esta altura, anunciando a chegada da primavera.

Espaços verdes e de lazer beneficiados com equipamentos de fitness e tabelas de basquetebol

A Câmara do Porto investiu 640 mil euros em equipamentos de fitness, instalados em 18 espaços verdes da cidade, a que se somam mais 100 mil na requalificação e colocação de 15 tabelas de basquetebol em espaços desportivos destinados ao efeito. Tratam-se de autênticos mini ginásios ao ar livre, convidando à prática de exercício físico.