Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Segunda edição da Conferência Europeia de Violência Doméstica inicia hoje na Universidade do Porto
06-09-2017
Inicia hoje no Porto, uma conferência sobre violência doméstica contra as crianças e contra os idosos e a violência doméstica nas relações de intimidade na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto.

Entre investigadores, académicos, alunos de doutoramento, profissionais e decisores políticos, são mais de 500 os inscritos que participam na segunda edição da Conferência Europeia de Violência Doméstica que arranca hoje e se prolonga até sábado, dia 9 de setembro.

Os temas em debate abrangem um leque variado de situações de violência e de abuso, incluindo a violência doméstica nas relações de intimidade, contra idosos, contra crianças, contra grupos LGBTI, contra minorias étnicas, violência sexual, prevenção da violência doméstica, femicídio, custos humanos e sociais da violência, intervenção com perpetradores, tráfico de seres humanos ou avaliação e gestão de risco.

Este evento tem como principal objetivo articular investigação e intervenção na área da violência doméstica, através do networking entre profissionais da área, promovendo a partilha de conhecimentos, boas práticas e metodologias.

Pretende-se, desta forma, alcançar medidas que protejam efetivamente as vítimas de qualquer tipo de violência e a erradicação da violência doméstica e de género.

A 1ª edição da Conferência Europeia de Violência Doméstica teve lugar em Belfast, capital da Irlanda do Norte, em 2015.

De acordo com o último Relatório Anual de Segurança Interna (RASI), registaram-se 27 mil participações de situações de violência às autoridades portuguesas em 2016. 

Esta conferência é organizada conjuntamente pela instituição de ensino superior Queen's University, pela União de Mulheres Alternativa e Resposta (UMAR) e pela Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV).