Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

O Luís Lobo é um changemaker dos mais capazes
04-03-2020
O Luís Lobo é um changemaker dos mais capazes! Nós sabemos porque conhecemos o seu trabalho e o que o move: a vontade de fazer a diferença.

O Luis Lobo de Almeida é aluno finalista do mestrado em Marketing da Faculdade de Economia da Universidade do Porto. A par do seu percurso educativo, dedica grande parte do seu tempo ao voluntariado. Depois de uma primeira experiência em Cabo Verde, em 2017, voltou a abraçar mais uma missão na Guiné-Bissau, em 2019. Aos 23 anos, e apaixonado pela força do voluntariado, lançou o seu primeiro livro, a edição de autor "Arriscar - o poder do voluntariado", para "motivar e cativar outras pessoas a arriscar e a partir rumo a novas experiências". veja aqui como adquirir o livro, que tem um custo de 12 euros. O valor do livro é de 10€, sendo que 2 euros revertem a favor das Associações "Para Onde" e "O meu Lugar no Mundo".

Luís Lobo, finalista do Mestrado em Marketing da Faculdade de Economia do Porto (FEP), decidiu rumar a Cabo Verde num programa de voluntariado internacional, em novembro de 2017. Dois meses depois, quando regressou a Portugal, decidiu fundar a Associação de Voluntariado Arriscar, na sua terra natal, Vouzela, e continuar a sua missão no voluntariado. A "Arriscar", organização sem fins lucrativos, apresenta-se como um centro de voluntariado no centro de Portugal e promove e realiza projetos de voluntariado.

A experiência de Luís no Voluntariado Internacional resultou, para já, na criação da Associação Arriscar e no lançamento do seu primeiro livro - Arriscar - o poder do voluntariado", com prefácio de Mariana Monteiro, atriz, voluntária internacional e Porta-voz da Associação Corações com Coroa.

"Antes de terminar a licenciatura (em Coimbra), já pensava no futuro, naquilo que viria depois da conclusão do ensino superior. Sabia das minhas paixões e do interesse que tinha pelo Marketing e, sabendo que ainda não tinha competências e ferramentas para enfrentar o mercado de trabalho, na área que mais me apaixona, candidatei-me ao mestrado nessa especialidade na Universidade do Porto", escreve Luís no primeiro capítulo do seu livro.

A verdade é que Luís não conseguiu entrar no Mestrado de Marketing da FEP no primeiro ano em que se candidatou; por isso, "estava na hora de arregaçar as mangas e ir à procura de uma primeira experiência profissional". A ideia começou a materializar-se e chegou como que anunciada num momento de epifania: "Está na hora! Vou integrar um projeto de voluntariado internacional". Esta consciencialização definiu o rumo que o Luís iria seguir nos meses seguintes.

Depois da missão em Cabo Verde, na ilha da Boavista, onde passou cerca de dois meses numa missão de voluntariado, "a ajudar a comunidade local, apoiando professores e alunos, que têm muito poucos recursos para trabalhar", o Luís repete a experiência em 2019 e viaja até à Guiné-Bissau, "que trouxe no coração para Portugal". Desta feita, a missão teve a duração de um mês e foi particularmente motivadora porque "estive inserido na comunidade; podia vivenciar de perto as dificuldades e ajudar a melhorar o possível", afirma Luís.

No Porto, já finalista do Mestrado em Marketing na FEP, o Luís combina os estudos com a missão que se propôs seguir: o voluntariado, seja na vertente internacional (que pretende repetir), seja na freguesia do Bonfim, onde participa no projeto pedagógico daquela freguesia, por forma a proporcionar um adequado desenvolvimento físico, psicológico e social dos jovens utentes.

Tal como diz o Luís, "agora é a tua vez de arriscar! Vira o livro e começa a escrever a tua história."