Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Nova embaixadora da Juventude da ONU contra as alterações climáticas é alumna da FCUP
23-09-2019

Raquel Gaião Silva, portuguesa, bióloga e antiga estudante da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP), tornou-se embaixadora da juventude da ONU para o combate às alterações climáticas, ao vencer o concurso "The Global Youth Video Competition", promovido por aquela organização.


A alumna da FCUP desenvolveu um mini-documentário sobre a Ocean Alive, a primeira cooperativa em Portugal dedicada à proteção do oceano e viu o seu vídeo ser escolhido entre 400 candidatos de todas as partes do mundo, sendo que será exibido no dia 23 de setembro em Nova Iorque.

Este mini-documentário já conta com cerca de 60 mil visualizações no Youtube.

No papel de embaixadora, Raquel vai também representar a ONU na Conferência das Partes (COP25), a decorrer em dezembro, no Chile.

"Sinto-me muito orgulhosa pelo projeto que temos em Portugal. Orgulhosa porque os portugueses ajudaram a partilhar e a divulgar o trabalho da Ocean Alive. Não estava à espera de ver tanta gente a partilhar o vídeo e termos mais visualizações, sendo um país pequenino, a competir com países como a Índia ou o México. É um sentimento de orgulho nos portugueses e no nosso exemplo", explica Raquel Gaião Silva em declarações à Agência Lusa.

Em 2018, Raquel Gaião Silva foi a primeira portuguesa a ganhar o Global Biodiversity Information Facility Young Researchers Award, pelo trabalho que desenvolveu sobre o impacto das alterações climáticas na distribuição de macroalgas na costa Atlântica da Península Ibérica.

Raquel Gaião Silva licenciou-se em Biologia pela FCUP em 2016 e, em 2018, concluiu o Mestrado Internacional em Biodiversidade e Conservação Marinha. Atualmente, trabalha na Bluebio Alliance (BBA), uma associação portuguesa sem fins lucrativos, fundada em 2015, que representa todos os participantes dos bio-recursos marinhos e da cadeia de valor biotecnológica azul.