Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

A FCNAUP muda-se para casa própria no ano letivo 2020/2021
04-06-2020
A funcionar há mais de 40 anos em "instalações provisórias", a Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto (FCNAUP) vai, por fim, mudar-se para uma casa própria já neste ano letivo de 2020/2021. Assim o afirmou Pedro Graça, diretor da FCNAUP, no âmbito das celebrações dos 44 anos da instituição, assinaladas em formato virtual no dia 31 de maio. 

As futuras instalações da FCNAUP situam-se no remodelado edifício que foi ocupado pelo Instituto de Biologia Molecular e Celular (IBMC), no polo do Campo Alegre (ao lado da Faculdade de Ciências), até 2016 e que foram, entretanto remodeladas.

Será o momento de cumprir uma ambição de longa data daquela que é a mais antiga escola de nutrição do país e "uma das poucas faculdades a nível europeu onde se formam nutricionistas".

"Trata-se de um edifício bonito, num espaço emblemático da cidade do Porto, e com todas as condições para se transformar na Casa da Nutrição de todos os nutricionistas portugueses", conforme refere Pedro Graça.

A "Casa Branca" da FCNAUP foi projetada pelo arquiteto João Ferreira, antigo estudante das faculdades de Arquitetura e Engenharia da U.Porto. O edifício oferece vários anfiteatros, laboratórios, espaços de investigação, salas de estudo e uma biblioteca.

A inauguração será um momento muito esperado neste próximo ano letivo, ainda mais que foi adiada devido à pandemia.

De acordo com o Reitor da U.Porto, António de Sousa Pereira, "Era suposto já estar a funcionar, só que as circunstâncias da pandemia levaram-nos a atrasar. Mas estamos a apontar para iniciar o novo ano letivo nas novas instalações".

Para o Reitor, esta mudança representa "um passo decisivo na vida da FCNAUP. Isto "depois de ter "funcionado de forma provisória em instalações muito precárias nas traseiras do Hospital de São João, e depois em instalações não tão precárias cedidas pela Faculdade de Engenharia. Mas em boa verdade, nunca teve um edifício que pudesse dizer ser seu até agora".