Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Últimos dias para ver Ciclo dedicado a Buñuel
29-06-2020

O Cine-estúdio do Teatro Municipal Campo Alegre apresenta até ao primeiro dia de julho a filmografia dedicada ao cineasta espanhol-mexicano Luís Buñuel no âmbito da programação de ciclos temáticos e de autor. Cada filme é apresentado em duas sessões diárias, às 18h30 e às 21h30, e apresenta filmes de culto do cineasta que revolucionou a Sétima Arte.


Hoje, pode ver Labirinto Infernal, uma longa-metragem com Simone Signoret num dos principais papéis e que que retrata a situação de mineiros numa exploração de diamantes, que é fechada por ordem do Governador. Os mineiros revoltam-se e exigem ser recebidos por ele, mas são detidos pelo exército. Chark, aventureiro oriundo de uma aldeia vizinha, chega em pleno tumulto. Torna-se amigo de Castin, um mineiro que sonha abrir um restaurante em Marselha; do padre Lizzardi, que tenta acalmar os ânimos; e de Djin, a prostituta que dorme com Chark antes de o denunciar à polícia.

No dia 30 de junho, oportunidade para (re)ver O Fantasma da Liberdade, com com Pierre-François Pistorio, Hélèna Perdrière, Adriana Asti. Naquele que um dos derradeiros filmes de Luís Buñuel, o cineasta apresenta uma crítica à moralidade e à sociedade.

"Em Toledo ocupada pelas forças napoleónicas, um soldado abraça uma estátua feminina numa igreja. Depois, exige que se abra o caixão. A história é contada por um criado num jardim público, que prefere ler em vez de tomar conta das filhas dos patrões, os Foucault. À noite, o senhor Foucault sofre de insónias, o que o leva a consultar o médico no dia seguinte. A partir daí, a história bifurca-se sucessivamente, num encadeado de sequências surreais e personagens autónomas".

O filme "Diário de Uma Criada de Quarto" fecha o ciclo 25x Buñuel no Campo Alegre, pela Medeia Filmes. Este filme, com Jeanne Moreau, Georges Géret, conta a história de Célèstine, uma rapariga que entra ao serviço dos Monteil, burgueses de província, mas que não simpatiza com eles. É indulgente, contudo, com o velho Monteil, que gosta de a ver de botas. Quando pensa em despedir-se, Célèstine sabe da notícia da violação e morte de uma menina. Decide, então, continuar ao serviço para encontrar o culpado.

O Teatro Municipal Campo Alegre, inaugurado em 1997, é um dos mais importantes pólos culturais da cidade do Porto. Dotado de duas salas de espectáculos e de um Cine-estúdio, a programação cinematográfica do Teatro Municipal. Campo Alegre é da responsabilidade da Medeia Filmes desde Novembro de 2004.
Preços de bilhetes

Bilhete normal - 5,50 €
Cartão Jovem, Estudante, 3ª Idade - 5,00 €
Segunda-feira (excepto feriados) - 4,50 €
Cartão de cinema TRIpass - 4,00 €