Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

A Quarentena Cinéfila termina esta semana com filmes do realizador japonês Yasujiro Ozu.
20-05-2020
Até esta quinta-feira, às 12h00, é possível ver o primeiro filme a cores do realizador japonês Yasujiro Ozu: "A Flor do Equinócio" (1958).
? Disponível, gratuitamente, em bit.ly/medeia-filmes-a-flor-do-equinocio.
Depois de várias semanas com a exibição ininterrupta de dezenas de filmes, a "Quarentena cinéfila", da Medeia Filmes, termina no dia 26 de maio com um programa dedicado a Yasujiro Ozu.

Até esta quinta-feira, às 12h é possível ver o primeiro filme a cores do realizador japonês: "A Flor do Equinócio" (1958).

Yasujir? Ozu foi um realizador de cinema japonês. Começou sua carreira durante a era do cinema mudo e fez cerca de cinquenta e três filmes. O casamento e a família, especialmente as relações entre as gerações são os temas predominantes da sua obra.
Este primeiro filme a cores "A Flor do Equinócio", está disponível até às 12 horas de 23 de maio. O filem é baseado num romance de Ton Satomi.

Na receção do casamento da filha de um velho amigo seu, Hirayama questiona-se porque razão Mikami, outro velho amigo, não compareceu. Na verdade, Mikami estava preocupado com a filha Fumiko, que fugiu de casa com o namorado, e não quis ir à cerimónia.

Disponível desde 21 de maio, às 12 horas até à mesma hora de 23 de maio, o filme "O Fim do Outono".

Após o falecimento de Miwa, os seus melhores amigos decidem preocupar-se com o futuro da sua viúva, Akiko, e da sua filha, Ayako. Todos acreditam que a melhor solução é casar a jovem, mas esta rejeita um após o outro, todos os candidatos que lhe são oferecidos. Assim decidem casar primeiro Akiko.

Este filme é uma das obras de Ozu mais aclamada pela crítica.

"Bom Dia" é o Segundo filme de cor de Ozu e estará disponível de 23 a 26 de maio. Este filme retoma um antigo filme do próprio Ozu ("Nasci, mas?"), modificando a história para fazer sentido no período em que foi rodado: neste filme dois rapazes juram não voltar a dizer qualquer palavra até que os pais comprem um aparelho de televisão.
Estas sessões da Quarentena Cinéfila, promovidas pelo Teatro Municipal Campo Alegre e a Medeia Filmes mantiveram todos os aficionados do cinema mais perto desta arte.