Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

7 filmes de Akira Kurosawa para ver no Teatro Municipal Campo Alegre
11-09-2020

As grandes obras do grande cinema japonês continuam em exibição no teatro Municipal Campo Alegre, desta feita com a filmografia de AKIRA KUROSAWA, um dos realizadores do cinema nipónico que mais sucesso obteve a Ocidente.


São 7 filmes do período de maior glória do cineasta, em cópias digitais restauradas, 5 dos quais inéditos em sala e que se estreiam agora finalmente no nosso país, de 17 de setembro a 30 de outubro.
"O cinema tem tantas semelhanças com as outras artes? Se tem muitas características da literatura, também as tem do teatro, ou mesmo um lado filosófico, atributos da pintura e da escultura, e elementos musicais. [?] Mas há algo muito especial nos filmes que é puramente cinemático. Quando faço filmes ou vou ver os filmes de outros cineastas, estou à procura dessa experiência."
Akira Kurosawa
De destacar o filme "Os Sete Samurais" (1954), uma das grandes obras-primas de Kurosawa, sobre a qual afirmou o realizador: "Um filme de ação pode não ser mais do que um filme de ação. Mas como é maravilhoso se ele puder ao mesmo tempo pintar a humanidade! Esse foi sempre o meu sonho desde a época em que era assistente de realização. Depois destes anos todos, sonho reconsiderar o drama antigo a partir deste ponto de vista". 
Filmografia

Os Sete Samurais (1954, cópia digital restaurada)
Estreia 17 de Setembro

Yojimbo, o Invencível (1961, cópia digital restaurada)
Estreia 24 de Setembro
Viver - Ikiru (1952, inédito comercialmente em sala em Portugal)
Estreia 1 de Outubro
A Fortaleza Escondida (1958, cópia digital restaurada, inédito comercialmente em sala em Portugal)
Estreia 8 de Outubro
Dodeskaden (1970, inédito comercialmente em sala em Portugal)
Estreia 8 de Outubro
O Barba Ruiva (1965, inédito comercialmente em sala em Portugal)
Estreia 15 de Outubro
O Trono de Sangue (1957, cópia digital restaurada, inédito comercialmente em sala em Portugal)
Estreia 15 de Outubro