Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Primeira revista académica em língua portuguesa na Ásia já está online
28-05-2020
Editada pela U.Porto, parceria com o Instituto Politécnico de Macau, a "Orientes do Português" visa promover a investigação realizada no âmbito dos estudos do português. A revista tem periodicidade anual e é de livre acesso.

Foi lançada no passado dia 21 de maio a versão online do primeiro número número da revista Orientes do Português, uma iniciativa da Universidade do Porto e do Centro Pedagógico e Científico da Língua Portuguesa do Instituto Politécnico de Macau (IPM), que tem como objetivo promover, a partir do Oriente, a publicação da investigação científica que se realiza no âmbito dos estudos do português.

A Orientes do Português assume-se como "uma revista técnico-científica que tem como missão divulgar o conhecimento científico produzido por investigadores, docentes e outros profissionais da língua portuguesa, em particular os que a ensinam como língua estrangeira na China e demais países asiáticos".
O lançamento do primeiro número da revista, em dezembro passado, representou, na verdade, o culminar das "diversas cooperações frutíferas" que a U.Porto e o IPM vêm mantendo "nas áreas de ensino e estudos da língua portuguesa, Mega dados linguísticos e estudos culturais dos países lusófonos".

Os fundamentos da revista estão, de resto, bem expressos no editorial do primeiro número, assinado por Carlos Ascenso André, diretor do Centro Pedagógico e Científico de Língua Portuguesa do IPM: "Esta é uma revista que se quer plural em todos os sentidos: plural nos temas e modos de abordagem, plural nas ideias, plural na origem dos seus autores, plural no que respeita aos destinatários, plural nos interesses de quem nela escreve e de quem a lê".

O segundo número da revista já se encontra em preparação vista. Trata-se de um número especial, que servirá também de homenagem póstuma ao professor, investigador e linguista João Malaca Casteleiro (1936-2020), que era membro do Conselho Científico da revista.
Este segundo volume será composto por "artigos que versem sobre as ligações com o mundo oriental de quaisquer das temáticas que o Professor João Malaca Casteleiro desenvolveu durante a sua trajetória". O período para submissão de artigos decorre até 12 de julho de 2020.
A direção da Orientes do Português é composta por vários elementos do IPM e da U.Porto. Em representação da Universidade, destacam-se os nomes de Maria de Lurdes Correia Fernandes (Vice-Reitora), João Veloso (Pró-Reitor e coordenador científico do CLUP - Centro de Linguística da U.Porto) e Isabel Margarida Duarte (docente da FLUP - Faculdade de Letras), que desempenham, respetivamente, os cargos de Diretora, Diretor Adjunto e Diretora Executiva.
Aos nomes referidos juntam-se ainda os de Isabel Pires de Lima (professora emérita da U.Porto) e Zulmira Santos (docente da FLUP), que integram o Conselho Editorial. Já o Conselho Redatorial conta com o contributo de Maria de Fátima Outeirinho, docente da FLUP).