Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Visita noturna ao cemitério descobre as histórias da arte em Agramonte
17-06-2017
O historiador de arte Francisco Queiroz é o guia da visita desta noite ao Cemitério de Agramonte, que tem início às 21,30 horas e contempla a Capela, o Jazigo Municipal, os dois colossais jazigos onde se encontram inumados os Condes de Santiago de Lobão e Boaventura Rodrigues e Sousa, amigos e vizinhos em vida e na morte.

Integrada no XII Ciclo Cultural dos Cemitérios do Porto, a iniciativa abrange igualmente o jazigo do industrial de tecidos Jacinto da Silva Pereira, fundador da "Fabrica do Jacinto"; as sublimes esculturas de um anjo e a alegoria da Noite, com a marca da Fábrica de Cerâmica das Devesas; e o gigantesco jazigo-capela erigido ao professor da Universidade de Coimbra José Pereira da Costa Cardoso, obra de António Almeida da Costa, José Joaquim Teixeira Lopes e seu filho, o escultor António Teixeira Lopes.

As visitas guiadas noturnas aos cemitérios do Porto têm vindo a satisfazer a curiosidade e o interesse de muitos visitantes, designadamente nas vertentes da história e da história da arte.

No âmbito deste programa municipal, a visita da semana passada ao Cemitério do Prado do Repouso, conduzida pela historiadora de música Ana Maria Liberal, teve como tema "Os teatros do Porto" e contou com a participação de António Oliveira (violoncelo), Eleonor Picas (harpa), Sara Carneiro (soprano) e Daniela Marques (flauta).
Na ocasião, foram visitados os jazigos de António Pereira Baquet, Afonso dos Reis Taveira e Ciríaco de Cardoso, António Dias Guilhermino, mais conhecido por Ator Dias, e Hipólito Medina Ribas.