Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

"Velho viajante" anuncia Exposição de Camélias aos passageiros do Metro
01-03-2019

Deambulou nesta quinta-feira em várias carruagens e estações do Metro no Porto. O boneco Sr. Matias distribuiu simpatia e a programação da XXIV Exposição de Camélias do Porto, que começa já amanhã.


Uma personagem com "a casa às costas", criada pelo teatro de bonecos da Companhia Limite Zero, andou durante o dia em busca de uma flor desaparecida.

Intrigava quem passava, surpreendia aqueles que abordava. O "velho viajante" Sr. Matias, assim se apresentou, cumpria na perfeição o papel que lhe foi, efetivamente, atribuído: dar a conhecer a programação da Exposição de Camélias que chega neste sábado, dia 2 de março, à Estação de Metro de São Bento.

Nos dias antecedentes ao arranque "oficial" do evento, estas e outras ações, programadas pela empresa municipal PortoLazer, têm tomado conta da cidade, procurando envolver a população em torno de uma iniciativa que, todos os anos, atrai milhares de visitantes.

Na passada sexta-feira, inaugurou uma mostra de trabalhos gráficos, na Estação de Metro de São Bento, com a participação de 20 instituições.

Na tarde de quinta-feira, a Casa do Infante acolheu a conversa "A camélia à luz dos documentos", centrada na história desta flor e dos jardins no "Porto. Cidade das Camélias".

Já na noite desta sexta-feira, a partir das 21,30 horas, o programa paralelo estende-se à Estação Ferroviária de São Bento com a sessão "São Bento na passagem do tempo". A conversa, que resgata a história, a arquitetura e os azulejos desta emblemática infraestrutura do Porto, vai ser moderada pelo jornalista João Pacheco de Miranda e terá como oradores o arquiteto Alexandre Alves Costa, o historiador Germano Silva e a investigadora Cláudia Emanuel.