Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Vandana Shiva fala hoje no Rivoli sobre colonização
07-11-2019
A cientista e ativista ambiental indiana Vandana Shiva é uma das principais figuras do Fórum do Futuro que está a decorrer no Porto e, nesse âmbito, leva nesta noite as novas formas de colonização até ao Rivoli, onde se fala durante a tarde sobre questões de género, com a apresentação de Wu Tsang, e da perspetiva de fim da Humanidade, com a antropóloga e realizadora Elizabeth A. Povinelli.

Vandana Shiva, considerada pela revista "Time" uma "heroína ecológica", parte da colonização que teve início com a descoberta da América para falar sobre o que há de comum entre os projetos coloniais do passado e do presente. Numa conversa moderada pelo escritor, pensador e crítico cultural Shumon Basar, falará de apropriação de recursos e também das lutas que vem travando enquanto combatente pela sustentabilidade e biodiversidade, incluindo o desafio a multinacionais como a Monsanto que considera serem os principais agentes no processo de recolonização atual. Processo que, como denuncia Vandana Shiva, visa a conquista da biodiversidade, alimentação, saúde, corpos e mentes através de novos direitos de propriedade, dependências, impérios e ditaduras.

Mas outros temas passam também hoje pelo grande auditório do Rivoli, começando às 17 horas com a artista multipremiada Wu Tsang, cuja obra aborda questões de género e etnia na cultura queer e trans, que apresentará uma artist talk performativa. Aí irá falar sobre a sua prática cinematográfica e debater a necessidade de explorar histórias ocultas e narrativas marginalizadas. A sessão será moderada por Chus Martínez, curadora, historiadora de arte e diretora do Art Institute da FHNW Academy of Art and Design.

Por sua vez, a antropóloga e realizadora Elizabeth A. Povinelli apresenta "The Mermaids ou a arte depois do fim do mundo", a partir das 19 horas. Considerada uma das mais relevantes pensadoras na área da antropologia contemporânea e estudos de género, dará assim a conhecer o trabalho que tem realizado com o Karrabing Film Collective e que explora teorias sociais com aqueles que vivem "depois do fim". A sessão será moderada por Guilherme Blanc, diretor de Arte Contemporânea e Cinema da empresa municipal Ágora e um dos curadores desta edição do Fórum do Futuro.

Este é, assim, mais um dia forte no programa do Fórum do Futuro, uma organização da Câmara do Porto cuja entrada é gratuita mas sujeita a levantamento prévio de bilhete até ao limite de dois por pessoa, a partir das 13 horas.

A programação completa pode ser consultada AQUI.