Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Vaivém da STCP para as noites da Queima regista números históricos
10-05-2018
Na noite de terça-feira, dia do Cortejo da Queima das Fitas, mais de 20 mil passageiros utilizaram o serviço especial Vaivém que a STCP, em articulação com a Federação Académica do Porto, colocou à disposição dos estudantes universitários. Este é um número recorde, relativamente a Queimas anteriores, ao que se associa um outro bastante expressivo: nas primeiras cinco noites da festa da Academia, centradas no Queimódromo, beneficiaram do serviço perto de 80 mil pessoas. 

Os dados são avançados pela STCP em comunicado, que apresenta o sucesso de uma iniciativa iniciada no dia 5 sábado e a decorrer até ao próximo sábado, 12 de maio. De acordo com a empresa, o Vaivém, um serviço gratuito destinado à comunidade estudantil, está este ano "ainda mais eficaz, com um aumento do número de viaturas envolvidas em 25%, o que se traduz num maior número de lugares disponíveis".

Em autocarros "com grande capacidade", são efetuados percursos entre a Trindade/Hospital de São João e o Queimódromo, no Parque da Cidade.
As partidas dos Vaivéns têm lugar desde as 22 até às 7 horas. "O intervalo entre as saídas depende da afluência nas paragens, estimando-se, no entanto, que estas ocorram com intervalos de 5 a 20 minutos", explica a STCP. No regresso, "e com o intuito de agilizar o serviço prestado, algumas linhas regulares da rede STCP são prolongadas até à rotunda da Anémona, em Matosinhos, verificando-se nestas linhas o tarifário em vigor na rede da STCP".

Se entre terça e quarta-feira a STCP "registou a maior operação de sempre", com o Vaivém a transportar mais de 20 estudantes, no conjunto das primeiras cinco noites foram "perto de 80 mil" os passageiros que utilizaram o serviço, apresentado como uma solução de mobilidade "mais eficiente, confortável e inteligente".

Toda a informação sobre o Vaivém da Queima das Fitas aqui.