Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Universidade do Porto oferece um programa de verão cheio de Ciência Viva
23-07-2018
O Planetário do Porto e a Galeria da Biodiversidade, os dois Centros Ciência Viva da Universidade do Porto, encontram-se a promover, ao longo das próximas semanas, um programa especial de atividades de verão, algumas das quais em colaboração com a Águas do Porto.

A Galeria da Biodiversidade do Museu de História Natural e da Ciência da U.Porto (MHNC-UP), em colaboração com a Águas do Porto e o Pavilhão da Água, propõe uma viagem ao encontro do enquadramento histórico, geográfico e hídrico de duas ribeiras da cidade do Porto, abordando três dimensões essenciais para a requalificação destes cursos de água: despoluir, desentubar e reabilitar. Depois da passagem pela ribeira de Asprela, o desafio é agora passar "Uma tarde de verão na ribeira da Granja", nos dias 31 de julho e 7 de agosto, sempre pelas 14,30 horas. Cada passeio científico dura cerca de 2,30 horas.

No Ciência Viva no Verão em Rede 2018 destaque para duas atividades que resultam de uma colaboração direta entre os dois centros Ciências Viva: "Zoo Celeste" e "À volta do Sol". A primeira atividade é noturna e convida os participantes a aprender a identificar algumas das constelações no céu de verão e a conhecer a história dos animais - reais ou imaginados - que o povoam. Tem duração de duas horas e realiza-se às sextas-feiras (10 e 24 de agosto), pelas 21,30 horas, nos espaços do Jardim Botânico do Porto/Galeria da Biodiversidade, e é especialmente indicada para famílias com crianças e jovens.

As quintas-feiras de agosto poderão ser passadas "À volta do Sol", numa atividade diurna que permitirá descobrir o Sol como um "maestro" que conduz a sinfonia da biodiversidade de uma forma tão precisa que até é possível usar seres vivos para saber, aproximadamente, que horas são. Com a duração de 2,30 horas, as sessões incluem uma componente de observação solar e a construção de relógios de sol.

No Planetário do Porto a população é convidada a ver "Marte aqui tão perto" no Centro de Educação Ambiental da Quinta do Covelo, a partir das 22 horas da próxima sexta-feira, 27 de julho, dia em que Marte atinge o ponto de maior aproximação à Terra, desde 2003. Nesta iniciativa, que só se realizará se as condições meteorológicas o permitirem, será ainda possível observar parte de um eclipse total da Lua, que já estará a decorrer quando anoitecer, e os planetas Júpiter e Saturno. A entrada é feita pelo portão em frente ao nº330 da Rua Álvaro de Castelões.

+Info: Inscrições e condições de participação ver aqui.