Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Universidade do Porto elege Artur Santos Silva para o seu Conselho Geral
14-10-2017

O banqueiro e mais cinco personalidades externas à instituição foram ontem eleitos para o Conselho Geral da Universidade do Porto, ao qual cabem a eleição do reitor e a fixação das propinas, entre outras funções.


A eleição decorreu após a tomada de posse das seis personalidades da sociedade civil cooptadas para completarem o novo quadro de 23 membros do Conselho Geral, na sequência das recentes eleições que determinaram os nomes dos representantes de professores, investigadores e funcionários não docentes que compõem esse órgão.


Juntamente com Artur Santos Silva, que em maio último deixou a presidência da Fundação Calouste Gulbenkian, foram eleitos para este mandato de quatro anos Francisca Carneiro Fernandes, presidente do Conselho de Administração da Teatro Nacional São João, José António de Sousa Lameira, Juiz Conselheiro que presidiu ao Tribunal da Relação do Porto de 2010 a 2015, Maria Geraldes, membro do Órgão de Acompanhamento das Dinâmicas Regionais do Norte da CCDR-N e antiga presidente do Instituto Português da Juventude (2004-2007), Pedro Silva Dias, presidente do Conselho Diretivo da Agência para a Modernização Administrativa, e Sérgio Guedes Silva, consultor das Nações Unidas no World Food Programme e presidente da associação G.A.S. Porto - Grupo de Ação Social do Porto.


Até agora presidido pelo Juiz Conselheiro Alfredo José de Sousa, o Conselho Geral da U.Porto tem entre as suas atribuições a definição do desenvolvimento estratégico, a orientação e a supervisão da instituição.