Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

"Uma Certa Falta de Coerência" leva "9kg de Oxigénio" à Galeria Municipal do Porto
01-12-2019
A Galeria Municipal do Porto inaugura a exposição "9kg de Oxigénio" no próximo sábado, 7 de dezembro, com um evento de acesso livre que tem início às 17 horas.

A exposição resulta do desafio lançado pela Galeria Municipal do Porto ao projeto "Uma Certa Falta de Coerência" para desenvolver um exercício que refletisse sobre a relação entre a prática curatorial independente, autogerida por artistas, e um contexto expositivo institucional.

Nesse sentido, "Uma Certa Falta de Coerência", que desenvolve o seu trabalho de forma independente desde 2008, vai apresentar esta exposição em que "testará políticas de produção e formas de entendimento próprias, tomando como ponto de partida o exercício de sobrevivência em condições adversas e sujeitas a opressão institucional".

"Uma Certa Falta de Coerência" irá transferir a atmosfera do espaço dimimuto que ocupa na Rua dos Caldeireiros, onde se questiona frequentemente a respirabilidade do ar, e apresentará obras de artistas que, ao longo dos últimos anos, tem colaborado com o projeto: Babi Badalov, Daniel Barroca, António Bolota, Camilo Castelo Branco, Merlin Carpenter, Rolando Castellón, June Crespo, Luisa Cunha, Stephan Dillemuth, Loretta Fahrenholz, Pedro G. Romero, Dan Graham, Alisa Heil, Mike Kelley, Ruchama Noorda, Silvestre Pestana, Josephine Pryde e Xoan Torres.

No âmbito do programa público da exposição, a Galeria Municipal apresentará também uma conversa com o artista, escritor e curador Dan Graham, logo no dia a seguir à inauguração, pelas 16 horas; duas visita guiadas com André Sousa e Mauro Cerqueira, fundadores do projeto "Uma Certa Falta de Coerência", nos dias 11 e 15 de fevereiro de 2020; e a performance "Carceleras", de Tomás de Perrate e Pedro G. Romero, a 16 de fevereiro de 2020.

Paralelamente, a exposição "Depois do Estouro", com curadoria da Tomás Abreu e que resulta da primeira fase de candidaturas do programa de apoio à curadoria "Expo'98 no Porto", é também inaugurada a 7 de dezembro, às 17 horas.

De entrada livre, "9kg de Oxigénio" e "Depois do Estouro" poderão ser visitadas até 16 de fevereiro, de terça-feira a sábado, entre as 10 e as 18 horas, e ao domingo das 14 às 16 horas.