Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Um Porto construído pelos Políticos Por Um Dia
30-05-2018
Foram 48 os "deputados" que ocuparam os assentos da assembleia municipal desta manhã, realizada na sala de sessões dos Paços do Concelho. A presidir, depois de democraticamente eleito, esteve Henrique Batista, da Escola Básica do Covelo, mesmo ao lado do presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, e do vereador com o pelouro da Educação, Fernando Paulo.

Esta foi a última sessão do ano de Políticos Por Um Dia, um projeto que integra o programa municipal Porto de Crianças e onde os alunos assumem o papel de deputados municipais.

Dos quatro aos 10 anos, os políticos de palmo e meio, oriundos de oito escolas da cidade, apresentaram propostas, todas sujeitas a votação, sobre várias temáticas do ambiente, à cidadania, passando pela educação, arte e cultura ou assuntos da cidade.

"Gostei de ouvir as crianças, gostei de conversar com eles e gostei da participação, não houve ruído, foi muito bonito", disse, no final da sessão, o presidente da Câmara do Porto.

Todas as propostas foram alvo de projetos individuais desenvolvidos pelas crianças quer nas salas de aula, quer em "saídas de campo" feitas a diferentes locais da cidade, relacionados com os temas abordados.

"A ideia de desenhar os ecopontos e de aproveitar os desenhos deles [crianças] no sentido de converter as pessoas a utilizá-los parece-me uma ideia engraçadíssima", exemplificou Rui Moreira, que teceu considerações sobre as várias propostas apresentadas, bem como respondeu a diversas perguntas dos pequenos deputados

Dirigido ao pré-escolar e 1.º ciclo do ensino básico da rede pública de Porto, Políticos Por Um Dia é um projeto anual, desenvolvido em 10 sessões ao longo dos meses, com debates de turma nas escolas, visitas temáticas à cidade e um debate com vários vereadores municipais, culminando com a sessão final na presença do presidente da Câmara do Porto.

A iniciativa tem como grandes objetivos fomentar nas crianças atitudes e valores que contribuam para a construção de cidadãos ativos, críticos e participativos, através do exercício dos deveres e direitos.