Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Um mar de gente para homenagear os Campeões Europeus de Futebol
31-08-2016

Milhares de adeptos portugueses saudaram hoje a seleção portuguesa de futebol que se sagrou campeã europeia em julho passado, numa ansiada vinda ao Porto. Os jogadores e equipa técnica foram recebidos na Câmara do Porto para a imposição das insígnias da Ordem de Mérito, numa cerimónia presidida pelo Presidente da República.


Marcelo Rebelo de Sousa disse que o "reencontro" com a seleção portuguesa de futebol é mais uma oportunidade para mostrar a confiança em Portugal. De recordar que a Comenda da Ordem de Mérito já havia sido atribuída pelo Presidente da República no Palácio de Belém, após a conquista do título, mas sem a entrega das respetivas insígnias.


Marcelo Rebelo de Sousa recordou que a entrega das distinções ocorre "antes do início da caminhada para o Mundial 2018" e vincou que, depois de recebida em Lisboa, uma segunda cerimónia de receção à equipa que saiu vitoriosa no Euro 2016 "só poderia decorrer na cidade Invicta".


"Invicta porque invencível e vitoriosa vai para dois séculos", salientou o Presidente da República que, além dos atletas, também homenageou a equipa técnica liderada por Fernando Santos, tendo referido que "posteriormente" também será realizada uma cerimónia dedicada a dirigentes.




O presidente da Câmara do Porto, por sua vez, agradeceu a "sensibilidade" do Chefe de Estado por ter escolhido o Porto para a cerimónia oficial.


"Queria agradecer em nome da cidade do Porto o facto de se ter lembrado de fazer esta homenagem da seleção nacional aqui", afirmou Rui Moreira durante a sua curta intervenção.


O autarca lembrou as "muitas pessoas do Porto que viveram com emoção" a "grande vitória em França" da seleção e destacou os "muitos portuenses, muitas pessoas do Norte que estavam desesperadas para ter a possibilidade de ver a taça" e também de cumprimentar os hoje homenageados jogadores.


Rui Moreira aproveitou, também, para agradecer ao presidente da Federação Portuguesa de Futebol "pelas escolhas que tem feito" e que "muito contribuíram para esta extraordinária vitória".


Aos jogadores, o autarca do Porto disse que "esta taça que olhamos e que chamamos nossa é antes de mais vossa".


A comitiva lusa chegou ao edifício dos Paços do Concelho antes das 18,30 horas, hora prevista para o início da cerimónia, com Nani a "carregar" a taça conquistada a 10 de julho na final frente à França.


A equipa das quinas veio ao Porto sem o capitão Cristiano Ronaldo, que está lesionado e falhou a convocatória para o particular de amanhã, quinta-feira, com o Gibraltar, no Estádio do Bessa Século XXI, às 19,45 horas. Ausentes, também estiveram Renato Sanches, Vieirinha e Anthony Lopes.


Após a imposição das insígnias da Comenda da Ordem de Mérito, os jogadores deslocaram-se à varanda dos Paços do Concelho para mostrar a taça às milhares de pessoas que se concentraram na Avenida dos Aliados e que puderam assistir, em direto, através de ecrãs gigantes, à cerimónia no interior do edifício municipal.