Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Um jogo onde todos têm 25 anos
14-10-2015

No âmbito do projeto "Tenho 25 anos", a Vice-Presidente da Câmara do Porto, Guilhermina Rego, e os membros do Conselho de Administração da Fundação de Serralves visitaram a exposição "Tenho 25 anos - Histórias" na Fundação de Serralves.


Durante a visita, os séniores do Centro de Dia do Bom Pastor (Cruz Vermelha) e os jovens do Centro António Cândido, participantes desta edição do projeto, apresentaram as diversas atividades e iniciativas que desenvolveram ao longo do ano, nomeadamente: "Somos Histórias - Livros de artista" - que reflete a interioridade do coletivo e daqueles que o integram, "A pastorinha e o limpa-chaminés" - recriação do conto de Andersen, "Histórias de Todos os Tempos - O romance da raposa" - o estabelecimento de paralelismos entre a obra de Aquilino Ribeiro e a atualidade, através da cerâmica, da modelagem, da vidragem e da cozedura e "Uma história por um fio ? um romance de cordel" - elaboração de um guião e gravação de uma Radionovela (voz, piano, guitarra, percussão e sonoridades).


O projeto intergeracional "Tenho 25 anos", promovido pela Câmara do Porto e pela Fundação de Serralves, teve o seu início em janeiro de 2012, tendo este ano concluído a sua 4ª edição. O projeto assenta no pressuposto de que a interação intergeracional contribui decisivamente para a saúde e bem-estar em todas as idades, promovendo-se, por isso, as relações e ligações, as partilhas de saberes e interesses, entre jovens e séniores. O projeto desenvolve-se através de um jogo de papéis situado num "aqui" e num "agora" imaginários, em que todos se assumem como adultos com 25 anos.