Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Turismo no Porto e Norte
10-08-2015

Os turistas que visitaram o Porto e Norte de Portugal, por via aérea, entre abril e junho ficaram uma média de seis dias na região, ficaram em hotéis do Porto e gastaram, em média, 762 euros.

 

Um estudo hoje citado na comunicação social estabelece o "Perfil dos Turistas do Porto e Norte de Portugal" e indica que a maioria dos turistas que visitou a região são casados, vivem em agregados familiares com duas a três pessoas, têm idades entre os 26 e os 50 anos, pertencem às classes média e média-alta, e têm formação ao nível do ensino secundário ou do ensino superior.

 

Os turistas que ficam a pernoitar no grande Porto preferem alojar-se em hotéis (40%), pensões (21,1%) e casa de familiares e amigos (28%).

 

O turista médio fica seis noites e gasta 762 euros, 389 euros na estadia.

 

Os brasileiros são os que gastam mais - com um consumo médio de 98 euros por pessoa e noite - e são também os que permanecem mais tempo na região.

 

Já os luxemburgueses, belgas, suíços e franceses são os gastam menos, variando entre 33 e 51 euros.

 

A maioria dos turistas dormiram na cidade Porto (45,2%), Vila Nova de Gaia (19,6%) ou Maia (13,1%), principalmente os que viagem de férias ou em negócios.

 

Experimentar a gastronomia é a principal atividade praticada por 96% dos turistas que visita a região, revela o estudo mais recente sobre o perfil do turista que veio ao Porto e Norte de Portugal.

 

Passeios de carro (67%), Observar paisagem (57%), gozar a animação noturna (53,1%), fazer compras de artesanato por exemplo (44,0%), visitar o Vale do Douro (34,6%) e visitar monumentos, como as Caves do Vinho do Porto (27,3%) são outras das atividades mais praticadas na região.

 

O principal atrativo que os turistas destacam na região é a "hospitalidade", e logo depois os "voos de baixo custo" das companhias aéreas, o "alojamento", a "gastronomia", "os vinhos e as paisagens".

 

Um dado do estudo a destacar é que a maioria dos turistas inquiridos (71%) já tinha visitado a região norte de Portugal, com exceção dos turistas em negócios (56%) que nunca tinha visitado a zona.

 

O principal motivo para os turistas estrangeiros visitarem o Porto e Norte de Portugal é o facto de estarem de férias e a principal razão que os traz à região é sem dúvida a "beleza natural", seguida do "Vale do Douro" e "gastronomia", lê-se no estudo, que refere que as outras motivações são a "visita a familiares/amigos e os negócios", designadamente para "reuniões de trabalho" ou "vendas de serviços".

 

Os principais mercados emissores de turistas estrangeiros ao Porto e Norte de Portugal continuam a ser a França, Espanha, Suíça, Alemanha e Reino Unido.

 

As companhias aéreas mais utilizadas para a viagem destes turistas são TAP (31,6%) e a Ryanair (29,2%), seguida pela Easyjet (13,3%) e depois Transavia (5,5%) e Lufthansa (5,0%).

 

O estudo foi realizado pelo Instituto de Planeamento e Desenvolvimento do Turismo (IPDT) no segundo trimestre deste ano - abril, maio e junho -, em parceria com a Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal e o Aeroporto Sá Carneiro.

 

Os inquiridos selecionados para a amostra foram 418 turistas, que se encontravam na sala de embarque do aeroporto a aguardar pelo voo.