Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Transportes e tecnologia no centro da visita da comitiva de Shenzhen ao Porto
18-12-2019

Uma delegação da cidade chinesa de Shenzhen termina hoje uma visita de dois dias ao Porto, com o propósito de conhecer tecnologias inovadoras, desenvolvidas localmente, sobretudo no campo da mobilidade e transportes. Ontem à noite, a comitiva foi recebida na Casa do Roseiral por Rui Moreira.


A deslocação estava prometida desde a recente visita do presidente da Câmara do Porto à China, e a Shenzhen em particular, a convite das autoridades locais.

Cerca de um mês depois, a delegação chefiada por DAI Beifang, chairman do Shenzhen Municipal Committee of the Chinese People's Political Consultative Conference (CPPCC), está na Invicta para visitar empresas da cidade e da Região, nomeadamente o CEIIA - Centro de Excelência para a Inovação da Indústria Automóvel, o Porto de Leixões, a unidade de I&D - Investigação e Desenvolvimento da BIAL, e ainda para conhecer as novas soluções tecnológicas desenvolvidas pela Academia, uma vez que o périplo também inclui uma passagem pela UPTEC - Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto.

Com o aporte daquela que é considerada uma das mais tecnológicas e sustentáveis do mundo, a cidade do Porto procura, com esta visita, captar investimento e, em paralelo com Shenzhen, ver em que moldes o trabalho conhecido internacionalmente tanto pela Universidade do Porto como pela Universidade de Shenzhen, em matéria de inovação tecnológica, pode ser complementado e partilhado.

Na receção que decorreu na Casa do Roseiral, na noite desta terça-feira, além do presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, participaram também no acolhimento à comitiva de Shenzhen o presidente da Assembleia Municipal do Porto, Miguel Pereira Leite, o vice-presidente da Câmara do Porto, Filipe Araújo, o chefe de gabinete do presidente da Câmara, Nuno Nogueira Santos, e Tiago Guedes, diretor do Teatro Municipal do Porto, que ao nível cultural tem estabelecido importantes pontos de contacto com a China, que já resultaram na apresentação de companhias e artistas chineses no palco do Rivoli.

Se o sistema de transportes, a inovação tecnológica e a captação de investimento constituíram o foco desta visita, que surge na sequência da viagem do presidente da Câmara do Porto a Shenzhen, onde também foi recebido pela empresa de transportes públicos local, a Shenzhen Bus Group, inevitavelmente a mesma é encarada como oportunidade para estreitar a cooperação assente numa velha amizade entre as duas cidades, também para as áreas da educação, turismo, comércio justo e cultura, todas relacionados com inovação e com a qualidade de vida dos cidadãos.

Porto e Shenzhen estão geminadas desde 2016, sendo que em 2014 já tinham estabelecido um protocolo de cooperação. Desde então, quer delegações empresariais como representantes do município de Shenzhen, cidade com perto de 20 milhões de habitantes, têm promovido diversas visitas ao Porto.