Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Trânsito na Rua Coronel Raul Peres já circula desde hoje nos dois sentidos
11-03-2017

Estão abertos os 600 metros da Rua Coronel Raul Peres, na Foz, que neste inverno a Câmara do Porto decidiu reconfigurar. Em causa estava a degradação do piso e a passagem a dois sentidos, mas a obra acabou por relevar surpresas no subsolo que poderiam por em causa a segurança de pessoas e veículos.


O projeto agora executado mantém a ciclovia e o passeio pedonal e a reconfiguração dos passeios e da faixa de rodagem permite agora a circulação nos dois sentidos, aliviando os constrangimentos da Rua Senhora da Luz, que contudo manterá a circulação, como até agora.


A Rua Coronel Raul Peres é uma das que maior tráfego de passagem apresenta na Foz e os poucos lugares de estacionamento que possuía, aliados à existência de uma única faixa de rodagem, provocavam demoradas filas de trânsito. Agora, com dois sentidos e com o pouco estacionamento perdido a ser transferido para a Rua Senhora da Luz e imediações, esta importante via volta a ter dois sentidos, mas viu também reparado o piso, muito degradado, sobretudo depois das intempéries do inverno passado.


A obra, que demorou mais do que inicialmente previsto, acabou por revelar problemas graves de estabilidade no subsolo, que foram corrigidos, e teria que ser feita nesta altura do ano, para evitar a maior pressão na altura do verão. Por outro lado, foi possível financiar a parte referente às obras de reparação decorrentes dos danos provocados por tempestades e a que a Câmara do Porto se candidatou, com sucesso.


Embora nos primeiros dias se espere alguma demora acrescida devido à necessidade de habituação dos automobilistas aos novos trajectos, as primeiras horas de circulação deram já indicadores muito favoráveis, com o trânsito a circular em segurança, com melhorias significativas em relação ao período anterior à intervenção.


Esta obra insere-se numa outra a lançar brevemente que permitirá a construção de parque de estacionamento subterrâneo no Largo de Cadouços, aproveitando-se para transformar o espaço urbano à superfície num verdadeiro jardim de usufruto público.


A Câmara do Porto tem vindo a intervir na reparação e requalificação das principais vias estruturantes da cidade, algumas delas após vários anos sem qualquer reparação. Os números mostram uma diminuição na gravidade dos acidentes que têm acontecido no Porto, um aumento da velocidade comercial do transporte público e menores níveis de incumprimento.