Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Toyo Ito e Martin Crimp entre os convidados de hoje no Fórum do Futuro
07-11-2018
O arquiteto japonês Toyo Ito, vencedor do Prémio Pritzker em 2013, e o dramaturgo britânico Martin Crimp, um dos mais representados e traduzidos na Europa, são dois dos intervenientes na programação de hoje do Fórum do Futuro.

O quarto dia do evento começa com a ação performativa contínua da artista e coreógrafa romena Alexandra Pirici, "Parthenon Marbles", que decorrerá durante três dias consecutivos (quarta, quinta e sexta-feira) no Pátio das Nações do Palácio da Bolsa. Alexandra Pirici, cujas ações performativas visam reflexões sobre implicações históricas dos monumentos, encorajará os espectadores a imaginar um campo de cultura transnacional mais equitativo e sustentável. O público pode entrar e sair a qualquer momento entre as 12,30 e as 15,30 horas.

Às 17 horas, no Grande Auditório do Rivoli, o Fórum do Futuro recebe o arquiteto Toyo Ito, vencedor do Prémio Pritzker em 2013, que analisará a importância dos projetos de reconstrução no Japão nos últimos anos, devido a inúmeros desastres naturais, e o que simbolizarão no futuro as ruínas contemporâneas. Esta sessão será conduzida em japonês, pelo que é aconselhável o levantamento dos aparelhos de tradução com antecedência.

Às 19 horas, e também no Rivoli, o artista visual libanês Walid Raad apresenta "The Loudest Muttering Is Over: Em Direção A Uma História Da Arte No Mundo Árabe" e os seus projetos artísticos contínuos "The Atlas Group" e "Scratching on things I could disavow", com moderação de Delfim Sardo.

À mesma hora, mas no Teatro Carlos Alberto, o dramaturgo Martin Crimp explica a relevância e atualidade de um conjunto de obras na história da Antiguidade Clássica que ainda hoje são levadas à cena, numa sessão moderada por Maria Sequeira Mendes.

A encerrar o programa desta quarta-feira, a historiadora e teórica de arquitetura Beatriz Colomina e a escritora e mitógrafa Marina Warner debatem, com base na obra O Banquete, de Platão, como as alegorias modernas, práticas quotidianas e artísticas são influenciadas por diferentes perspetivas sobre o amor, a sexualidade, a beleza ou o género. A conversa, moderada pelo escritor e curador Shumon Basar, decorre nesta data ? 7 de novembro ? que coincide com aquela em que os humanistas de Florença celebravam o aniversário do nascimento e da morte de Platão com um banquete, durante o Renascimento.

Destaques para amanhã

A programação do Fórum do Futuro de amanhã, quinta-feira, inclui mais duas Artist Talks ao longo da tarde: Mary Reid Kelley e Patrick Kelley, conhecidos por cruzarem pintura, performance, poesia e vídeo na sua prática artística, falarão das suas principais inspirações, às 17 horas, no Rivoli; o artista francês Christian Boltanski, autor de um trabalho irredutivelmente singular que aborda questões universais como a perda, a memória, a infância e a morte, apresentará o seu extenso trabalho e a sua relação com a transmissão de obras, da memória histórica e do conhecimento - às 19 horas, em Serralves.

À noite, a escritora canadiana Margaret Atwood, cujo trabalho mundialmente reconhecido está repleto de referências mitológicas, explicará porque caracteriza a sua obra de "realismo social" ou ficção especulativa e convidará os leitores a refletir sobre as sociedades contemporâneas. A sessão decorrerá às 21,30 horas, no Grande Auditório do Rivoli.

Todas as sessões do Fórum do Futuro são de entrada gratuita mediante levantamento de bilhete, no dia e local de cada evento, até ao limite de dois por pessoa. O Teatro Municipal do Porto Rivoli tem a bilheteira em funcionamento todos os dias, entre as 13 e as 22 horas. A bilheteira do TeCA estará aberta das 14 horas às 19 horas, enquanto no Museu de Serralves os bilhetes podem ser levantados entre as 10 e as 19 horas.

O programa completo está em www.forumofthefuture.com.