Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

TNSJ anuncia sete estreias de teatro e dança
28-03-2018
Os próximos quatro meses de programação do Teatro Nacional São João (TNSJ) incluem sete estreias, três das quais serão de dança, além de vários outros espetáculos.

Apresentada ao final do dia de ontem, a temporada abril/julho tem uma forte componente feminina, entre criadoras ou personagens, para desfilar nos palcos do próprio TNSJ e dos espaços por ele geridos, nomeadamente o Teatro Carlos Alberto (TeCA) e o Mosteiro de São Bento da Vitória (MSBV).

A incidência feminina não foi propositada, segundo avança o diretor artístico do TNSJ. Considerando que "é um sinal de que há mulheres criadoras neste momento e que se reúnem neste programa", Nuno Carinhas destaca os trabalhos de Renata Portas, Shantal Shivalingappa, Olga Roriz, Joana Providência, Luísa Costa Gomes e Inês Barahona.

Quanto a personagens, os destaques vão para "Ivone, Princesa de Borgonha", de Witold Gombrowicz, "Lulu" de Frank Wedekind e "Maria" de "Frei Luís de Sousa", entre outras, sendo ainda de referir Virginia Woolf através de "Orlando".

Já na próxima semana, entre os dias 4 e 9, sobe à cena no TeCA "A Minha Existência Involuntária na Terra", peça em que Renata Portas cruza a autobiografia do italiano Luigi Pirandello com textos de Walter Bejamin, Cesare Pavese ou Robert Musil.

A adaptação do livro "O Senhor Pina", assinalando os 40 anos da companhia de teatro portuense Pé de Vento; a ópera "La Donna di Genio Volubile", de Marcos Portugal (1762-1830), pela Ópera Estúdio da Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo (ESMAE); ou "A Chegada de um Comboio à Cidade", de Luís Mestre; "Ivone, Princesa de Borgonha", numa encenação de António Pires; "A Grande Vaga de Frio", de Luísa Costa Gomes; o musical "Montanha Russa", com música dos Clã; "Maria", uma exploração de "Frei Luís de Sousa", são algumas das propostas para os próximos vezes.

A programação do TNSJ volta também a cruzar-se com o Festival DDD - Dias da Dança, cuja edição 2018 foi apresentada há dias pelos três municípios da Frente Atlântica (Porto, Matosinhos e Vila Nova de Gaia). O São João recebe "A Meio da Noite", uma estreia absoluta de Olga Roriz; "Rumor", de Joana Providência; e "Impro Sharana", da indiana Shantala Shivalingappa, com uma masterclass da coreógrafa e dançarina.

Já no âmbito do Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica (FITEI), serão apresentadas a coreografia "Walking with Kylián. Never Stop Searching", de Paulo Ribeiro, e "Mendoza", da companhia mexicana Los Colochos.

Dentro da programação paralela, que inclui oficinas e apresentações das escolas de teatro da cidade, pode destacar-se o ciclo "Leituras no Mosteiro", dedicado a "mulheres trágicas" e obras de Séneca, Jean Racine e Jean Anouilh, cobrindo assim dois mil anos de criação literária.