Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

TAP recupera voo do Porto para Bruxelas e cria novas rotas para Lyon e Munique
15-01-2019

Já estão a ser comercializados pela TAP os bilhetes para os voos entre o Porto e Bruxelas, que vão ser retomados a 1 de julho. Além do regresso desta operação por parte da companhia aérea portuguesa ao Aeroporto Francisco Sá Carneiro, há mais apostas a registar para o verão de 2019: a estreia das rotas para Lyon e Munique a partir de setembro e o reforço das ligações atuais para Madrid e Nova Iorque.


Em setembro do ano passado, o "Porto." já tinha anunciado que a TAP estava a inverter a sua estratégia a Norte e que havia "reforços de peso" a registar, de acordo com declarações de Antonoaldo Neves, presidente-executivo da transportadora aérea nacional.

Agora que os horários e bilhetes estão disponíveis, a TAP vem reforçar a comunicação deste conjunto de decisões, que se justificam pelo "volume de passageiros significativo", mas também pelas "frequências ou custos operacionais" onde a companhia consegue ganhar vantagem relativamente à concorrência.

Com início marcado para 1 de julho, a ligação à capital belga é a terceira das quatro rotas europeias canceladas pela TAP no Porto, em 2016, a ser recuperada. A antiga operação diária, será agora uma operação bi-diária, com partidas do Porto às 7 horas e às 17,35 horas e chegadas a Bruxelas às 10,30 horas e 21,05 horas, respetivamente.

A partir de setembro, os voos para Lyon serão também diários, com dois horários possíveis (saídas do Porto às 6,30 horas e 18,30 horas, com chegada às 9,35 horas e às 21,35 horas). A propósito, a companhia assinala em comunicado que "é uma importante rota do aeroporto, onde a TAP competirá com os quase 2 voos diários da easyJet e com o voo diário da Transavia".

Para Munique haverá um voo diário, com partida do Porto às 12,15 horas e chegada à cidade alemã às 15,55 horas. A companhia diz que, neste caso, contará com a concorrência direta da Lufthansa.

Já o reforço na rota Porto-Madrid consistirá numa nova frequência a meio do dia e para Nova Iorque está definido o aumento de "quatro voos semanais, passando de duas para seis frequências por semana a partir de junho".

Para a TAP, "perspetiva-se um novo ano recorde no Aeroporto do Porto". Segundo a transportadora nacional, 2019 deve fechar "com cerca de três milhões de passageiros no Francisco Sá Carneiro, quase o dobro dos que tinha aquando da reestruturação em 2016".

Em 2018, o Aeroporto do Porto atingiu quase 12 milhões de passageiros, recorde que se propõe bater novamente este ano.