Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

TAP já não realizou 21 voos de médio curso a partir do Porto em Fevereiro
07-03-2016

A saída da TAP do Porto está a ser acelerada. Apesar de ter as slots contratadas, a companhia começou a abandonar voos de médio curso antes do início da época que se inicia a 27 de março. Segundo apurou o Porto.pt, só em fevereiro não se realizaram 21 voos de médio curso a partir do aeroporto Francisco Sá Carneiro e a estratégia de desvio de passageiros para Lisboa continuou a acelerar em março.


Na quinta-feira passada não se realizaram quatro voos para a Europa, que estavam programados a partir do Porto. A Câmara do Porto denunciou a estratégia por diversas vezes, que não se prende apenas com o fim das quatro rotas anunciadas (Roma, Milão, Bruxelas e Barcelona) mas que tem também a ver com um elevado número de frequências suprimidas para rotas que continuam a existir e com o cancelamento, de última hora, de voos programados para o Porto, e que acabam operados em Lisboa, obrigando os passageiros a transbordo na Portela, quando tinha bilhete comprado para voo direto do Porto.


Igualmente em curso está a substituição de aviões de maior porte, como Airbus, por aviões mais pequenos, como os Embraer, em praticamente todos os voos a partir do Porto, o que representa uma diminuição enorme do número de passageiros transportados a partir do Porto.


Entretanto, as outras companhias aéreas aproveitam a oportunidade que a TAP deixa em aberto. A British Arways, que em 2001 tinha deixado de voar para o Porto e regressou em 2014, aumenta a partir do dia 27 o número de voos semanais entre Londres e o Porto e está a publicitar o destino não apenas na imprensa londrina mas também nas estações de Metro e de Comboios, numa grande campanha que não passa despercebida aos londrinos. Uma das rotas da TAP que vê a frequência diminuída é Londres.


LEIA TAMBÉM: A TAP já está a sair do Porto