Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Suporte Básico de Vida abre programa de formação para entidades da Rede Social
10-12-2018
Quatro cursos de Suporte Básico de Vida (SBV) deram início ao programa de formação dirigido às entidades da Rede Social do Porto, lançado pela Câmara no âmbito do plano de ação específico para este setor.

Além de SBV, o programa, que está a decorrer na Quinta de Bonjóia, inclui formação em áreas como Regulamento Geral de Proteção de Dados, Plataforma Digital da Rede Social e Planos Estratégicos de Ação no Setor Social, abrangendo no total cerca de 100 instituições da Rede Social que beneficiam da participação gratuita.

No caso específico do Suporte Básico de Vida, a formação teve uma duração total de 24 horas e como objetivo a capacitação dos técnicos que trabalham nas entidades integrantes daa Rede Social do Porto para um melhor desempenho em situações de emergência médica, designadamente paragem cardiorrespiratória ou incidentes de menor gravidade.

O curso de SBV é o resultado de um processo de identificação de ações priorizadas pelas próprias entidades e planeado em consonância com as respetivas necessidades formativas, nomeadamente, das instituições particulares de solidariedade social cujo âmbito de trabalho é dirigido a crianças, jovens e idosos.

A Rede Social do Porto é uma plataforma de articulação entre diferentes organismos, públicos e privados, cujo intuito é convergir esforços para a promoção do desenvolvimento e coesão social da cidade do Porto. Esta rede congrega 244 entidades, entre as quais o Município do Porto e o Instituto de Segurança Social, I.P. que, em conjunto, assumem a sua coordenação, as Juntas de Freguesia, os organismos públicos, as instituições particulares de solidariedade social (IPSS), as organizações não-governamentais, as fundações, as federações de jovens e as empresas que, em concertação, adotam uma nova forma de governança colaborativa para a implementação da política social na cidade.