Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

STCP, Metro e CP reduzem serviço na noite de S. João ao mínimo indispensável
23-06-2020
Os festejos de rua nesta noite de São João estão cancelados e, por isso mesmo, a Câmara do Porto adotou várias medidas para desincentivar os ajuntamentos e a deslocação de pessoas pela cidade. A supressão de grande parte do serviço noturno assegurado pela STCP, Metro do Porto e CP é uma delas.

Com todas as festividades de São João canceladas, este ano as celebrações terão de ser feitas de forma diferente, em pequenos grupos e, de preferência, sem sair de casa. Para que as medidas sejam cumpridas, a Câmara do Porto, em articulação com a CP, a Metro do Porto e a STCP, desincentiva a circulação de pessoas pela cidade, através de uma operação concertada para a restrição de oferta de transportes públicos.

Assim, os serviços de transportes não vão dispor de qualquer operação especial para a noite de hoje, sendo que a Metro do Porto termina a sua operação às 23,30 horas, cerca de hora e meia mais cedo relativamente a um dia normal da semana.

Também a CP suprimiu o serviço entre as estações de Campanhã e São Bento, sendo que as últimas ligações a serem realizadas na noite de hoje são às 20,50 e às 20,55 horas, respetivamente.

Por sua vez, também a STCP vai efetuar apenas o serviço noturno normal, assegurando a mobilidade dos trabalhadores em regresso ou ida para o local de trabalho durante o dia de hoje, sendo que a rede da madrugada do dia 24 de junho, quarta-feira, será suprimida e o serviço diurno retomado às 5,25 horas do dia de amanhã, efetuando assim o horário de domingos e feriados.

Uma vez que a circulação automóvel e pedonal nos dois tabuleiros da ponte Luiz I fica interdita a partir das 20 horas do dia de hoje (exceto para veículos de emergência), também algumas partidas vão ser antecipadas, em ambos os sentidos, e algumas linhas desviadas pela Ponte do Infante.

Além destas medidas, recorde-se que a Câmara do Porto decidiu ainda, juntamente com a Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, a PSP e a Polícia Municipal, reforçar as ações de fiscalização, patrulhamento e gestão de limpeza urbana nas ruas da cidade durante a noite de hoje.

Com o propósito de não comprometer os bons resultados obtidos pela cidade e pela região na luta contra a COVID-19 (nesta segunda-feira, o Porto não registou qualquer novo caso de infeção pelo 18.º dia consecutivo), o Município incentiva a que a festa se faça em casa e em segurança. Para garantir que a noite ainda assim seja animada, relembramos que a Rádio Festival está a assegurar uma emissão especial ao longo do dia de hoje, numa programação que reúne vários nomes conhecidos do panorama musical popular português.

Promovida pela empresa municipal Ágora - Cultura e Desporto, a iniciativa apela a que, este ano, se festeje de forma prudente, mas ainda assim alegre, com um programa alternativo e acessível que não deixe passar em branco uma das noites mais memoráveis da cidade do Porto.