Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

STCP com serviço inédito na passagem do ano
29-12-2016

A rede de madrugada da STCP vai funcionar a 400% no final do ano, para garantir o transporte de um número máximo de passageiros durante toda a noite. As ligações serão facilitadas por cortes de trânsito automóvel mais longe do centro e complementadas pelo serviço de Metro, que funcionará a 100% durante 24 horas e pela CP, que oferece serviço de comboios especiais a preço único. Haverá parques de estacionamento a 95 cêntimos por 12 horas e os veículos de duas rodas não pagam no parque da Trindade.





O serviço que a STCP prestará este ano é complementado pelo estacionamento facilitado em vários parques de estacionamento da cidade, ao preço único de 0,95 euros por 12 horas de parqueamento, mediante a utilização do andante.


A Câmara do Porto aconselha, por isso, todos os que queiram assistir às festas de fim de ano na Avenida dos Aliados ou num dos três palcos alternativos que este ano estarão montados na baixa da cidade, que usem o transporte público nas suas deslocações.


O trânsito automóvel estará fortemente condicionado numa zona mais alargada do que normalmente, embora esteja garantido o acesso aos parques de estacionamento enquanto estes tiverem capacidade para receber mais automóveis. Um dos parques que poderá receber automóveis, embora fique já numa zona de fortes condicionamentos é o parque do Palácio da Justiça.


STCP, METRO, CP E PARQUES DE ESTACIONAMENTO NUM ESFORÇO INÉDITO DE MOBILIDADE


Campo Alegre, Casa da Música e Estação Estádio do Dragão praticarão a tarifa única de 0,95 cêntimos por 12 horas de estacionamento, com a utilização do Andante e os veículos de duas rodas poderão estacionar gratuitamente no Parque da Trindade.


A STCP quadruplica o número de veículos que normalmente operam durante a noite, prolongando o serviço durante toda a madrugada, o que lhe dará uma capacidade de transporte acrescida de três mil passageiros por hora, por linha.


O reforço da oferta será efetuado nas linhas regulares de autocarros noturnos que servem a zona envolvente da Baixa do Porto (1M, 3M, 4M, 5M, 7M, 8M, 11M, 12 M e 13M) e estará em funcionamento entre as 21 horas e as 5,30 horas.


Este serviço especial, que será testado pela primeira vez nesta passagem do ano, está a ser articulado com os serviços de mobilidade da Câmara do Porto, que criará canais próprios para os autocarros onde não houver circulação de trânsito.


O Metro do Porto apresenta-se igualmente como uma opção de transporte para a noite mais longa do ano e estará a operar a 100 por cento da sua capacidade, nas principais linhas, A,B,C e F e linha D (que atravessa os Aliados). Durante a madrugada, apenas a linha E (aeroporto) não estará a operar.


A CP Comboios de Portugal é a solução de mobilidade mais adequada para quem vem de fora da cidade, apresentando um leque de serviços com destino ao Porto e um bilhete especial, de ida e volta, por dois euros, por pessoa, com destino a Porto São Bento.

 

Para ter acesso a esta oferta, válida para viajar a partir das 12 horas do dia 31 de dezembro e até ao final do dia um de janeiro de 2017, deve comprar o bilhete antecipadamente nas máquinas de venda automática. O bilhete é carregável no cartão Siga ou Siga Assinatura, que tem o valor de 0,50 €, para quem ainda não o possui. Haverá comboios durante toda a madrugada.


Aconselha-se os utentes a adquirirem e carregarem com viagens antecipadamente os títulos Andante para evitar filas para pagamento. Recorde-se que, só na Avenida dos Aliados são esperadas mais de 100 mil pessoas.


Na noite mais longa do ano, sobem ao palco os Blind Zero, à meia-noite e, como é tradição no Porto, terá lugar o espetáculo de fogo-de-artifício e às 00,30 horas, já como anfitriões da chegada de 2017, a música prossegue com Os Azeitonas.


Toda a operação de fim de ano será acompanhada pelo novo Centro de Gestão Integrada da Câmara do Porto.