Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Sporting Clube Vasco da Gama completa 100 anos de paixão pelo basquetebol
20-02-2020
Fundado a 20 de fevereiro de 1920 por um grupo de operários no então Bairro Herculano, o Sporting Clube Vasco da Gama completa um século de existência nesta quinta-feira.  

O histórico emblema da cidade do Porto é uma referência ao nível do basquetebol, modalidade a que se dedicou em exclusivo desde 1960, somando 21 títulos nacionais, incluindo uma Taça de Portugal, e três títulos na principal divisão em seniores masculinos, nas épocas de 1941/42, 1947/48 e 1950/51, além de 99 títulos distritais em todos os escalões.

Apostando sobretudo na formação, o Vasco da Gama orgulha-se de ser um dos clubes que, ao longo dos anos, mais jogadores forneceu às Seleções Distritais e Nacionais. Ao longo do seu historial, foram 20 os atletas do clube que representaram a Seleção Nacional Sénior.

O clube que levou o basquetebol a muitos jovens dos bairros do Porto - Fontainhas, Herculano e Sé - continua a ser hoje uma segunda casa para muitos atletas e familiares.

Atualmente, são cerca de 120 os atletas a competir em todos os escalões no Pavilhão do Parque das Camélias.

"Nunca tantos, com tão pouco, fizeram tanto pelo basquetebol" é uma das frases que melhor define a história centenária do Vasco da Gama. Foi proferida por Manuel Nunes, um dos mais carismáticos presidentes da história do clube, atualmente liderado por Manuel Rodrigues que, além de presidente, acumula funções de treinador.

Armando Plácido, os irmãos Quintela, João Vidrago, Boaventura, José Garrido e José Norton (sócio nº. 1) foram alguns dos fundadores do clube, cujo emblema ostenta a mesma cruz do brasileiro Clube de Regatas do Vasco da Gama, do Rio de Janeiro.

Apesar da longa e estreita ligação ao basquetebol, a atividade desportiva do Vasco da Gama começou com a prática do futebol, estendendo-se depois a outras modalidades, como o andebol (foi campeão regional na época de 1945/46), a natação (os treinos e competições decorriam no Rio Douro), ténis de mesa, boxe, voleibol e, claro, o basquetebol.

A primeira equipa que se conhece de basquetebol do SC Vasco da Gama era constituída por Aníbal, Aladino, Modesto, Boaventura e Norton.

Ao longo da sua história, o clube foi agraciado com várias distinções, onde se incluem, por exemplo, a Medalha de Mérito Desportivo (15 de Outubro 1954), a Medalha de Bons Serviços Desportivos (5 de março 1970) e a Medalha de Ouro de Valor Desportivo (30 de abril 1970), além da Declaração de Utilidade Pública (18 de setembro 1970).

O programa comemorativo dos 100 anos do Sporting Clube Vasco da Gama inicia-se pelas 10 horas de hoje com o hastear da bandeira na sua sede social. Ao fim da tarde, é celebrada uma missa na Igreja de Santo Ildefonso, em memória dos vascaínos já falecidos.

O programa é retomado no próximo sábado, 22 de fevereiro, com a apresentação do livro "Memórias", da autoria de Manuel Nunes, pelo historiador Hélder Pacheco, às 18 horas, no Salão Nobre da Junta de Freguesia da Sé.

O ponto alto do programa está marcado para as 20,30 horas, no Pavilhão do Parque das Camélias, com o jantar comemorativo do centenário do Vasco da Gama.