Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Sítios património mundial põem o foco na população, turismo e governança
17-12-2018

Governança, Turismo e População constituem os principais desafios do momento para os Sítios Património Mundial que integram o projeto AtlaS.WH, de acordo com as conclusões do "Diagnosis Study of Urban World Heritage Sites in the Atlantic Area".

Conduzido por Santiago de Compostela, este estudo foi apresentado publicamente durante o 2.º Encontro Internacional de Sítios Património Mundial no Espaço Atlântico, em Florença, que reuniu os membros Porto, Bordéus, Santiago de Compostela, Edimburgo e Florença. 


No que se refere à Governança, as principais dificuldades sentidas estão relacionadas com a necessidade de estimular uma articulação institucional mais eficaz entre os Sítios, os stakeholders e os organismos estatais; a alocação de recursos de diversa natureza que permitam suster a gestão dos Sítios Património Mundial bem como o desenvolvimento de meios que asseverem uma participação ativa da população.


Relativamente ao Turismo e considerando a intensificação do mesmo em todos os Sítios Património Mundial, a preocupação dos gestores está relacionada com a avaliação do seu real impacto no território, de modo a poder assegurar uma gestão sustentável e promotora dos equilíbrios necessários.


Quanto à População e tendo em conta que os sítios reportam uma diminuição ou estabilização do número de residentes ao longo dos últimos anos, a principal dificuldade sentida relaciona-se com a necessidade de estimular a fixação de população nestas áreas, assegurando um maior equilíbrio entre a ocupação turística e a ocupação residencial nestes territórios.


Cada um desses três desafios identificado é constituído por questões transversais a todos os Sítios e serão agora aprofundados e estudados por Florença, no âmbito do Thematic Study on Common Challenges com o apoio da Universidade de Florença, com vista a obter linhas orientadoras e guias de ação que possam ser incorporados nos futuros Planos de Gestão e Sustentabilidade de cada Sítio.


O "Diagnosis Study of Urban World Heritage Sites in the Atlantic Area" encontra-se disponível AQUI.


Mais informações sobre o projeto AtlaS.WH em www.atlaswh.eu.