Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Sistema "kiss & ride" chega à Escola Carolina Michaëlis para aumentar a segurança rodoviária nas imediações
04-08-2020
As marcas circulares azuis assinaladas no pavimento indiciam a criação de mais um perímetro "kiss & ride", desta vez diante da Escola Secundária Carolina Michaëlis, na Rua da Infanta D. Maria. A ação do Município do Porto, que segue o princípio adotado noutras zonas escolares da cidade, procura contrariar a paragem dos veículos em segunda fila nas horas de chegada e de saída dos alunos, criando condições para que o façam de modo seguro, durante o mais curto espaço de tempo possível.

Este sistema de marcação e sinalização rodoviária, denominado "kiss & ride", segue as melhores práticas de segurança rodoviária na proximidade aos estabelecimentos de ensino dos meios urbanos, porque induz o abrandamento do movimento de viaturas e pessoas, com vantagens não só ao nível da segurança como também da mobilidade.

A medida, aplicada pela Câmara do Porto desde 2016, tem vindo a alastrar-se ao longo dos últimos anos em zonas escolares identificadas como problemáticas, pelos congestionamentos de trânsito criados nas horas ditas "de ponta", ou seja, ao início e final de cada dia útil.

Com o início do ano escolar já programado, e confirmado que está o regresso às aulas presenciais no atual contexto de pandemia, a autarquia avançou, desde já, neste período de verão, com a marcação de uma nova área "kiss & ride".

Os pontos azuis em frente à Escola Carolina Michaëlis identificam os locais de partilha (circulação de peões e automóveis) e, no seu interior, a circulação automóvel é limitada a 20 km/hora e a paragem permitida por 10 minutos.

A experiência-piloto iniciou há quatro anos na Rua de Guerra Junqueiro, tendo sido depois replicada junto ao Externato Escravas do Sagrado Coração de Jesus (Rua de Carlos Malheiro Dias); em frente às escolas Fontes Pereira de Melo e Clara de Resende (Rua do Dr. Marques de Carvalho e Rua de António Pinto Machado); diante do Colégio de Nossa Senhora da Esperança (Avenida de Rodrigues de Freitas); Escola Básica Francisco Torrinha (Rua de São Francisco Xavier); Colégio de Nossa Senhora da Paz (Rua de Latino Coelho); Colégio de Nossa Senhora de Lourdes (Rua da Rainha D. Estefânia); e na zona da Escola EB 2,3 Dr. Leonardo Coimbra Filho (Rua do Pintor António Cruz).

A monitorização do projeto é assegurada, em todos os locais, pelo Município que, em diálogo permanente com as escolas, vai aferindo no terreno a eficácia da medida.