Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Cerimónia solene do Dia da U.Porto
23-03-2016

Assinalou-se ontem, 22 de março, o Dia da Universidade do Porto, evento que marcou as comemorações do 105º aniversário da instituição e onde foram distinguidos com o título de professor emérito sete ex-docentes entretanto jubilados.


São eles José Luís Figueiredo, Joaquim Silva Gomes, Artur Pimenta Alves, Raimundo Delgado, Pedro Guedes de Oliveira, Fernando Nunes Ferreira e Isabel Pires de Lima.


A sessão, que teve lugar no edifício da Reitoria, contou com David Justino, presidente da Comissão de Educação (CNE), como orador principal. Guilhermina Rego, vice-presidente da Câmara do Porto, esteve também presente na iniciativa.

 

A cerimónia iniciou-se com o tradicional cortejo dos professores doutorados. De seguida, Paul Symington, vice-presidente do Conselho Geral da U.Porto, abriu a sessão. Também João Carlos Ribeiro, representante da U.Porto na Associação Nacional dos Funcionários das Universidades Portuguesas, e Daniel Freitas, presidente da Federação Académica do Porto, intervieram nesta sessão. Como manda a tradição, Sebastião Feyo de Azevedo, reitor da U.Porto, encerrou a cerimónia.

 

O Dia da Universidade do Porto ficou também marcado pela entrega de várias distinções, como o Prémio Incentivo, o Prémio Cidadania Ativa, o Prémio Excelência Pedagógica da Universidade do Porto.

 

De relembrar que a Universidade do Porto foi formalmente constituída a 22 de março de 1911, por decreto do I Governo da República. Contudo, as suas raízes remontam a 1762 e a uma combinação de disciplinas em áreas ligadas às Ciências, Artes e Medicina, que viriam a projetar-se na futura Universidade.