Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Serviço Municipal de Apoio à Reutilização dos Livros Escolares cresceu com a Feira do Livro deste ano
19-09-2017
O SMARLE - Serviço Municipal de Apoio à Reutilização dos Livros Escolares registou um forte incremento através da participação com pavilhão próprio na Feira do Livro do Porto, que terminou no passado domingo.

O crescimento registado diz respeito tanto ao número de manuais levantados como ao de manuais depositados durante o evento, face ao ocorrido na edição do ano passado, revestindo-se assim a presença na Feira do Livro de elevada importância no que respeita à divulgação do projeto. 

O número de manuais levantados, ou seja, aqueles que irão ser reutilizados pelos alunos, ascendeu desta vez a 1.359 e o de manuais depositados (aqueles que os cidadãos deixaram para serem disponibilizados) chegou aos 2.758. É também de assinalar que o pavilhão 17, atribuído ao SMARLE, teve 816 visitantes com registo e um total de visitantes que ultrapassou os 3.000.

A maior visibilidade e publicidade resultantes desta participação vêm potenciar o alargamento do alcance do SMARLE, que pugna pelo incentivo à reutilização dos manuais escolares numa lógica de combate ao desperdício, pelo desenvolvimento do sentido de partilha e pelo incentivo a boas práticas de proteção ambiental.

Entretanto, a campanha municipal de partilha de manuais escolares está a revelar-se um sucesso, graças à participação de todos quantos dedicaram um pouco do seu tempo a deslocar-se ao SMARLE para, solidariamente, depositarem os manuais de que já não necessitam. No entanto, continua a ser notada uma procura intensa de manuais nas instalações do SMARLE no Gabinete do Munícipe (antigo Palácio dos Correios, na Praça General Humberto Delgado, 266), especialmente de livros dos 10.º, 11.º e 12.º anos. 

A deposição dos manuais por quem já deles não precisa pode ser feita no SMARLE entre as 9 e as 17 horas ou em qualquer banco de livros. 
Para facilitar a tarefa de saber qual o serviço que lhe fica mais próximo ou que lhe é mais conveniente, pode consultar o site http://reutilizar.org/REUTILIZAR.ORG/REUTILIZAR.html.