Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Serralves reabre hoje portas para assinalar o Dia Internacional dos Museus e inaugurar uma exposição
18-05-2020

A Fundação de Serralves volta nesta segunda-feira a abrir os seus portões a partir das 10 horas, na data em que se comemora o Dia Internacional dos Museus. Mas 18 de maio traz também consigo a inauguração oficial da exposição Lourdes Castro: A Vida é como ela é!", pelas 18 horas. A entrada para um programa diversificado que preencherá o dia é gratuita, estando garantidos todos os cuidados e normas de segurança e de proteção dos visitantes e dos colaboradores de Serralves.


"O Parque está pleno de vida e todos os espaços de Serralves, o Museu de Arte Contemporânea, a Casa de Serralves e a Casa do Cinema Manoel de Oliveira estão preparados para receber com segurança todos os seus visitantes", assinala a instituição em comunicado.

Do extenso programa, a manhã é dedicada ao espaço exterior. Há conversas com especialistas conduzidas por António Gouveia, diretor do Parque de Serralves, entre elas, com a presidente da Associação Portuguesa dos Jardins Históricos, Teresa Andresen, a partir das 10,30 horas.

Uma hora depois, a ação desenrola-se na Mata do Treetop Walk, onde uma sessão de plantação de exemplares de espécies autóctones da floresta portuguesa será protagonizada pelos jardineiros de Serralves em parceria com o ICNF-Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas.

Ainda no Parque, no Jardim das Aromáticas, vai plantar-se às 12 horas um canteiro de flores que será batizado "A vida como ela é", com a intervenção dos colaboradores da Fundação.

No Lagar da Quinta, a exploração continua com Mariana Roldão, coordenadora do Serviço Educativo Ambiente, que levará o público a visitar a exposição "A Floresta", a partir das 12,30 horas.

Da parte da tarde, às 14,30 horas, no Arboreto junto à Casa do Cinema, António Preto, diretor deste espaço dedicado ao cineasta Manoel de Oliveira, vai falar sobre o realizador numa conversa com Pedro Abrunhosa, Ricardo Trepa e Bernardo Pinto de Almeida.

O vice-presidente da Câmara do Porto, Filipe Araújo, responsável pelo pelouro da Inovação e do Ambiente, visitará o Parque durante a tarde e, por volta das 15,45 horas conversará, no Ténis, com António Gouveia sobre a infraestrutura verde da cidade do Porto.

No Museu, Philippe Vergne e Ricardo Nicolau, respetivamente diretor do Museu e adjunto, vão visitar a exposição "Electric" às 17,15 horas, explorando a realidade virtual e aumentada como mais uma plataforma de apresentação e apreensão da arte. Depois, Philippe Vergne junta-se a António Preto para percorrer a obra e apresentar o catálogo da exposição Arthur Jafa.

Ainda o diretor do Museu de Serralves, desta vez na companhia de Carlos Castanheira, visita a exposição "Orient express - viagem de retorno", à descoberta da obra desenvolvida por Álvaro Siza e Carlos Castanheira no continente asiático.

O final do dia ficará marcado pela inauguração da exposição "Lourdes Castro: A vida como ela é", às 18 horas. Um aguardado regresso a Serralves, depois de duas importantes exposições, em 2003 e 2010, de uma das artistas plásticas mais relevantes na arte contemporânea portuguesa. Este momento contará a presença a Ministra da Cultura, Graça Fonseca.

Além deste programa, os visitantes podem percorrer as exposições atualmente patentes em todos os equipamentos dos espaços da Fundação.

Quem optar por ficar em casa, também vai poder estar com Serralves, já que a programação vai ser transmitida através da rede social Instagram

A biblioteca, a loja, a livraria e o restaurante de Serralves estarão abertos ao público, cumprindo todas as normas de segurança.

+ info: consulte o sítio institucional da Fundação de Serralves